Saúde

'Sala do Bem' na UPA Macarenko

Atendimento a vítimas de violência

Publicado em 2018-03-11 09:48:18 Atualizado em 2018-03-11 11:01:27 (1065 visualizações)

Em mais uma ação de humanização da Saúde de Sumaré e de valorização das mulheres da cidade por meio da “X Semana da Mulher”, o prefeito Luiz Dalben entregou nesta sexta-feira, dia 9, a Sala do Bem na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Macarenko. O espaço – uma parceria da Secretaria de Saúde com o Fundo Social de Solidariedade – é voltado para o acolhimento e atendimento multidisciplinar a vítimas de violência física, psicológica e sexual, além de casos de vulnerabilidade social.

“Este é mais um passo muito importante que estamos dando para a humanização da Saúde da nossa cidade. A Sala do Bem vem para atender com dignidade as pessoas que sofrem algum tipo de agressão e passam por momentos de grande vulnerabilidade. Aqui, a população terá à disposição uma equipe multiprofissional, com enfermeiros, médicos, assistente social – que vão oferecer todo o apoio e suporte necessário para a superação desse trauma”, explicou o prefeito Luiz Dalben.

A primeira-dama e presidente do Fundo Social, Mara Dalben, agradeceu à iniciativa. “Sabemos que grande parte dos casos de violência acontece dentro de casa e Sumaré não tinha um local especial para que as vítimas fossem acolhidas, um espaço onde se sentissem seguras. Agora, graças à sensibilidade do prefeito Luiz Dalben, temos a Sala do Bem. É uma grande conquista, um presente que estamos entregando com muito carinho às mulheres nesta ‘X Semana da Mulher’, mas também é um espaço que vai atender crianças, adolescentes, homens e idosos, qualquer morador em situação de vulnerabilidade”, destacou Dona Mara.

A sala é parecida com um consultório médico, porém, suas paredes receberam uma pintura artística especial em tons de azul e rosa, feita pelas mãos do servidor Gilvan Pedro da Silva Irmão. “Todo o espaço foi pensado para transmitir tranquilidade e segurança aos pacientes, auxiliando no processo de acolhimento que será realizado pela equipe. Aqui, as vítimas receberão o primeiro atendimento com exames físicos, apoio psicológico, assistência social e todo o suporte necessário caso queiram denunciar a violência sofrida”, comentou o secretário de Saúde, Rubens Gatti.

A inauguração ainda foi acompanhada pelo diretor médico da UPA Macarenko, Heleson Castro, pela presidente do Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres, Crys Lopes, pela conselheira do Fundo Social, Noemi Stein, secretários municipais e pelos vereadores Ulisses Gomes, Rubens Champam e Willian Souza.

A UPA Macarenko fica na Rua Vinícius de Moraes, 380, Jardim Macarenko (região central) e funciona 24 horas por dia.

 

 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Saúde

Veja 5 fake news sobre a Homeopatia


Pele negra: características e principais cuidados


Queimaduras químicas afetam muito os olhos de crianças pequenas


AMB apresenta alternativa ao Mais Médicos


Escorpião. Americana tem 0,9 ataque por dia na década



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza