Política Crítica

Essa união vai seguir em 2020?

Ficou estremecida em 2018

Publicado em 2019-10-08 21:32:15 Atualizado em 2019-10-09 13:11:28 (522 visualizações)

Em 2014 e em 2016 a união deu certo e foi adiante. Em 2018 ela ficou estremecida e houve um divórcio formal com a saída do filho Macris vereador da liderança do governo Omar Najar (MDB). Desde o meio deste ano, parece haver tentativas de aproximação, em especial dos 'pais' Najar e Macris.

Passou o período do esfriamento da crise criada logo após as eleições de 2018, a impressão passada nos últimos meses é que existe a firme iniciativa de reaproximação. Emendas e ações de governo indicam que a união que valeu e foi vitoriosa em 2014 e 16 pode voltar em 2020. Muita gente acredita que a reunião Omar Macris seria imbatível na eleição. 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Política Crítica

Sem Bolsonaro, PSL vai ficar com Criva


Prefeituráveis conjecturam no jantar da Acisb


Câmara de Sumaré aprova Lei Orçamentária de 2020


Molina traz Novo pro 'projeto'


Sessão da Câmara de Americana nesta quarta



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza