Política Crítica

Padre Sérgio enquadra Clube dos Cavaleiros sobre imposto

Quer saber se paga ISSQN

Publicado em 2019-04-15 17:44:14 Atualizado em 2019-04-15 17:52:43 (538 visualizações)

O vereador Professor Padre Sergio (PT) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um requerimento em que pede informações do Poder Executivo sobre o recolhimento de ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) pelo Clube dos Cavaleiros de Americana (CCA), responsável pela organização da Festa do Peão de Americana.

No documento, o parlamentar reitera requerimentos apresentados em 2015 e 2016 que questionaram o valor pago em 2015. Padre Sergio destaca que, na resposta enviada pela prefeitura, o recolhimento do imposto não havia sido feito até então, embora o CCA tenha declarado através de nota fiscal um valor na venda de ingressos e camarotes de R$ 7.156.948,00. A assessoria fazendária fiscal informou ainda, à época, ter sido emitida ordem de fiscalização para iniciar processo de verificação fiscal e que, tendo se negado a apresentar os documentos requisitados administrativamente na fiscalização, o requerente foi notificado via judicial.

“Precisamos saber o real motivo pelo qual associações como o CCA possuem isenção, anistia e remissão tributária de ISSQN, IPTU, Água e Esgoto, etc. Se isso for por causa da Lei Municipal nº 5.218/2011, é uma injustiça, ainda mais quando comparada com o rigor fiscal que o Executivo tem para punir os demais cidadãos que trabalham de sol a sol para garantir o sustento de suas famílias. A prefeitura fala que falta dinheiro em caixa, mas de 2011 a 2017, ela perdoou mais de meio milhão de reais só de IPTU para a ‘entidade’ em questão”, afirma Padre Sergio.

O vereador pergunta no requerimento quanto o Clube dos Cavaleiros de Americana repassou de ISSQN ao município nos anos de 2015 a 2018, qual foi a conclusão do processo de verificação fiscal e se a prefeitura também lavrou termos de início de fiscalização à Festa do Peão nos últimos três anos, solicitando informações sobre seus apontamentos. O parlamentar questiona ainda se atualmente existem débitos pendentes do CCA, solicitando discriminações e valores.

O requerimento será discutido e votado pelos vereadores em plenário, durante a sessão ordinária de quarta-feira (17).

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Política Crítica

Festa das Nações Dr Nivaldo acusa ver.s de troca troca com Bill


Andia vê reta final da reforma "Edison Mano"


Dalben acompanha recuperação da ponte do Salerno


Verba de R$3 milhões do HM assinada e reativada


JR Dias aposta em 'gabinete' no Zanaga



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza