Política Crítica

Fontes corre risco de ficar sem partido

Em 2019. Vai depender de Corá

Publicado em 2018-12-07 12:15:33 Atualizado em 2018-12-07 17:28:13 (294 visualizações)

Depois de mudar de lado e apostar nos votos da oposição para se tornar presidente da Câmara na eleição da próxima quarta-feira, Carlos Fontes (PSD) corre risco de passar 2019 sem legenda e correr ainda mais riscos em 2020.

Fontes conta com uma ida para o PSL, partido que teve seu filho, Marcos, candidato a deputado estadual este ano, mas o comando da legenda está com Felipe Corá.

E no PSD o caminho deve ficar difícil uma vez que ele preferiu abraçar o PSL e não trabalhar com a legenda.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Política Crítica

Barilon vai presidir Câmara NO pela 2a vez


João Jorge recebe título de cidadão americanense


Morre prof.a Renata Finamore


Tiosso quer inovar sistema de currículos no PAT


Artigo- Insulto de Natal



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza