Política Crítica

TCE rejeita contas de Omar 2016, Congresso alivia

Cabe recurso e fim de mandato deve amenizar

Publicado em 2018-12-06 07:04:27 Atualizado em 2018-12-06 08:55:15 (304 visualizações)

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, rejeitou as contas de 2016 do governo Omar Najar. O principal argumento foi extrapolação da lei de responsabilidade fiscal na folha de pagamento, o limite é 54% e a Prefeitura estava 56,8%. A Prefeitura deve recorrer e as contas ainda vão para Câmara Municipal, com votação no decorrer de 2019.

Também nessa quarta-feira, a Câmara dos Deputados aprovou o 'desafogo' para os prefeitos, afrouxando a LRF. Essa medida pode favorecer Omar, tanto na negociação com os vereadores de 2019, quanto os prefeitos da região nos próximos anos.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Política Crítica

Semana da eleição da mesa começa com favorito


Monaro avalia 2018 e olha pra 2019


Bolsonaro ganha título 'escroto do ano' internacional


SB. Vereadores em férias até 15 de janeiro


Kim acompanha obras do Residencial Jardim dos Lírios



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza