Política Crítica

Joi 'janta' vereadores e aprova intervalos na zona azul

Sistema pode ficar inviável após aprovação

Publicado em 2018-06-12 21:07:33 Atualizado em 2018-06-12 21:07:33 (472 visualizações)

Os vereadores barbarenses aprovaram três projetos de lei, além de cinco moções, durante a 22ª Reunião Ordinária do ano, realizada nesta terça-feira (12 de junho), no Plenário Dr. Tancredo Neves. O destaque foi a forma como o vereador Joi Fornasari (SD) se impôs sobre os pares e viu andar seu projeto que 'retalha' o sistema de zona azul na cidade. Com a vitória de Joi, surge o risco de o sistema se tornar inviável na cidade. 

Foi incluído na pauta de votação o Veto Total do Poder Executivo ao Projeto de Lei nº 30/2018, de autoria do vereador Joi. O vereador Cláudio Peressim (PEN) chegou a pedir o adiamento dessa votação, mas 12 edis foram contrários à prorrogação. O Veto Total foi derrubado por unanimidade e, agora, a proposta será promulgada pelo presidente da Câmara, vereador Kadu Garçom (PR). 

Inicialmente, os parlamentares aprovaram o Projeto de Lei nº 21/2018, de autoria do vereador Celso Lucatti Carneiro, o Celso da Bicicletaria (PPS), que dispõe sobre a obrigatoriedade de instalação de provadores de roupas acessíveis à população com deficiência e mobilidade reduzida em estabelecimentos comerciais do Município.

Na sequência, os vereadores discutiram e aprovaram dois projetos de autoria do Poder Executivo, incluídos na pauta de votação a pedido do vereador Carlos Fontes (PSD), líder do Governo na Câmara. O Projeto de Lei nº 34/2018 autoriza o Município a firmar convênios com escolas e entidades particulares de Educação Infantil, objetivando o aumento de oferta de 400 para 800 vagas com a concessão de bolsas creche às crianças que não obtenham vagas na rede municipal. O Projeto de Lei nº 49/2018 altera a Lei Municipal nº 3.096/2017, alterada pelas leis municipais nº 3.991/2017 e nº 4.011/2018. Na prática, a proposta faz adequações financeiras pontuais no convênio firmado entre a municipalidade e a Apae – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Santa Bárbara d’Oeste.

Tribuna – Antes do início da votação, o historiador Antônio Carlos Angolini fez uso da Tribuna Livre para falar sobre os 149 anos da emancipação política de Santa Bárbara d’Oeste, comemorados no dia 15 de junho, data que dá nome à Casa de Leis: “Palácio 15 de junho”.

Homenagem – O vereador Joi Fornasari prestou homenagem aos 60 anos da Escola Senai – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial “Alvares Romi” ao entregar cópias da Moção de Aplauso nº 397/2018 ao diretor Pedro Humberto Contieri Filho e alguns ex-alunos.

Inaugurado no dia 25 de maio de 1958, o Centro de Aprendizagem Industrial da Escola Senai Fundação Romi formava profissionais nas áreas de tornearia e ajustagem mecânica em instalações contíguas às Indústrias Romi. Em 1994, novo convênio foi assinado entre o SENAI/SP, a Fundação Romi, as Indústrias Romi S/A, a Fundação VITAE e o CEFET/PR para o novo Centro Técnico e Pedagógico de Apoio de Formação de Formadores - CTPA, que funcionou até 2008. Para atender novos cursos, foi inaugurada então a Escola Senai “Alvares Romi”, em prédio localizado no Distrito Industrial onde está até hoje.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Política Crítica

Dr. Otto cobra por torres de alta tensão


Molina visita fábrica e fala de projetos


Ver.s reclamam do busão e do Porta a Porta


Veja quem vai comandar Acias até 2020


Sardelli e Polaco pedem ao DER drenagem em rodovia



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza