Política Crítica

Criva elogia PM que matou ladrão na escola

Promoção por bravura já

Publicado em 2018-05-16 19:24:12 Atualizado em 2018-09-03 11:44:37 (446 visualizações)

A mídia, em nível nacional, divulgou no ultimo final de semana, dias das mães, uma ocorrência em que um facínora, reincidente de vários crimes, ameaçava armado mães e alunos que esperavam na frente de uma escola infantil em Suzano, onde ocorreria uma homenagens desses mesmos filhos e professores que aguardavam a abertura do portão da escola. 

De maneira rápida, técnica e efetiva na missão a quem o Estado confiou e colocou uma arma nas mãos, com a obrigação legal e com juramento de sangue, de dar a própria vida para defender a sociedade da qual faz parte e serve a Cabo da Policia Militar  Kátia Treste, sacou sua arma, desferiu 3 tiros no marginal, impedindo de seu intento criminoso.

Imediatamente após o evento letal, os velhos esquerdopatas, aqueles mesmo que pretende deixar a população desarmada, para depois armar as milícias, como faz o ditador venezuelano Maduro, subjugando a população com seu poder de força e adeptos ao “não reaja’’,seja mais um cordeirinho, tem que ser assim mesmo, não coloque sua vida em risco passaram a questionar a atitude profissional e heroica da policial.

Tivesse ela seguido os ditames dos mansinhos seriam todos emparedados, e é  bem provável que se transformassem em vitimas de roubo e com certeza ao revistar a bolsa da policial iriam ver sua identidade e a arma da corporação. Pronto matariam sem do  a policial, transformando a em  mais um numero estatístico, dessa triste tragédia brasileira do “não reaja”

Mas a rapidez, perspicácia, profissionalismo e sobretudo a certeza de que iria dormir com a satisfação do dever cumprido, ela saca da arma e manda o marginal para o inferno, sem do nem piedade, pois em momento algum o marginal agiu assim.

Deu tudo certo, ela a filha as outra mães e as outras filhas, todas saíram sãs  e salvas, pelo repito, ato heroico, bravo e destemido, como deve ser mesmo de componentes dessa fabulosa corporação cinza bandeirante, um dos últimos  baluartes da moral e ética do estado de direito

Podem gritar esquerdopatas, podem gritar desarmamentistas que ate hoje só conseguiram colocar a população a mercê de facínoras como cordeirinhos. Podem gritar parte da mídia, que viu naquele ato tudo errado, avaliando que se perdeu uma vida. A letalidade fez uma vitima sim, uma vitima que estava la para fim criminoso e teve o merecido desfecho. 

Preferimos a Cabo Treste, como a Katia é conhecida na Corporação entrando num fórum, respondendo a processo e provando a legitima defesa da vida dela e de outros e saindo sorrindo e com vida do que enterrada com honras fúnebres e choro das suas filhas.Preferimos que saia do fórum de onde impera a ordem, a  justiça e a lei, que muitos ainda ignoram mas de la sai com vida e do cemitério numa cova rasa,  não voltaria  mais pra sua família 

Para lá correram políticos homenagea-la e não seria diferente pois  estamos em período pré eleitoral e até o atual governador foi lá beijar, elogiar e entregar flores para a nossa heroína mas fez a homenagem pela metade. Ainda da tempo governador França, o senhor tem a caneta o poder e a lei que determina que atos assim sejam agraciados com promoção por ato de bravura 
A  promoção por bravura esta regulamentada em lei em vigor. Então faça o que toda a população pede, promova a Cabo Kátia Treste a Sargento, por ato de bravura já. É o mínimo que o senhor pode e deve fazer.    
Major Crivelari
Veterano da Policia Militar e 
Ex vereador de Americana

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Política Crítica

Dois contestam Crivelari no comando do PSL


PT faz ato pró Haddad no centro


Novo sindicato e querem 'derrubar' Toninho


Mesa SB. 2 da base, 2 contra e Felipe Sanches


Criva e Olímpio comandam ato pró Bolsonaro



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza