Geral

PUC-Campinas e PF assinam acordo de cooperação técnica

Acordo é o primeiro do país entre a PF e uma instituição de ensino superior privada

Publicado em 2019-02-11 09:25:52 Atualizado em 2019-02-11 09:25:52 (178 visualizações)
O Reitor da PUC-Campinas, Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior, e o Chefe da Delegacia da Polícia Federal em Campinas, o Delegado Federal Paulo Víbrio Junior, assinaram, nesta sexta-feira, dia 8 de fevereiro, um acordo de cooperação técnica com a Polícia Federal em Campinas.

Até então, a Polícia Federal (PF) só possuía acordos desse modelo com instituições públicas de ensino superior. O objetivo é desenvolver projetos e ações de interesse comum, voltados para a pesquisa, inovação, treinamento de recursos humanos, ensino e extensão, desenvolvimento e compartilhamento de tecnologias e informações.

"A PUC-Campinas tem como missão produzir, enriquecer e disseminar o conhecimento. A expansão dos espaços da Universidade, como permite esse acordo, trará benefícios a nossos alunos por meio de estágios na Polícia Federal. Além disso, o compartilhamento de laboratórios trará muitos reflexos positivos para as áreas de pesquisa e inovação na Universidade”, disse o Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior.

Com o documento, a Universidade poderá, por meio do ensino, da pesquisa e da extensão, trocar conhecimento e aprimorar as atividades da Polícia Federal na área técnico-científica.

A Delegacia da Polícia Federal em Campinas é a quinta maior do Brasil. “Isso dá a dimensão desse acordo. É um avanço muito importante para a área científica da Polícia Federal”, ressaltou Paulo Víbrio Junior, Chefe da Delegacia da Polícia Federal em Campinas.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Geral

Seu horóscopo do dia desta sexta


Fachin nega pedido de liberdade a Lula


Maduro manda fechar fronteira com Brasil às 20h


Risco de rompimento de barragem interdita estrada em Minas Gerais


Receita Federal invalida CNPJ de 3,3 milhões de empresas



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza