Geral

PCJ teme retorno da crise hídrica

Inverno seco e verão irregular

Publicado em 2018-03-14 12:16:48 Atualizado em 2018-03-14 12:16:48 (851 visualizações)

O verão em 2018 nas Bacias PCJ está apresentando chuvas abaixo das médias previstas para o período e os dados apontam que a região está numa curva descendente de precipitações. O assunto foi debatido durante a 81ª Reunião Ordinária do Consórcio PCJ, que aconteceu na última quarta-feira (07) no NOHOTEL, em Americana (SP).
 
O encontro foi aberto pelo Presidente do Consórcio PCJ e prefeito de Nova Odessa (SP), Benjamim Bill Vieira de Souza, ao lado do diretor geral do Departamento de Água e Esgoto (DAE) de Americana, Carlos Cesar Gimenez Zappia, que na ocasião representou o prefeito, Omar Najar.
 
Na ocasião, ainda estieveram presentes o vice-presidente do Programa Parcerias para Integração Regional do Consórcio PCJ e prefeito de Piracaia, José Silvino Cintra, o secretário do verde de Campinas, Rogério Menezes, o secretário municipal de meio ambiente de Americana, Odair Dias, o Secretário Executivo do Consórcio PCJ, Francisco Lahóz, e demais autoridades.
 
A situação climática das Bacias PCJ nesse início de 2018 foi apresentada pela equipe técnica do Consórcio PCJ, que apontou por meio da apresentação de gráficos as precipitações médias na região durante o atual verão. Em janeiro, as precipitações ficaram ligeiramente abaixo da média, sendo que no mês de fevereiro a queda no volume de chuvas foi ainda maior - choveu apenas 70 mm quando o esperado seria de 185 mm.
 
Os dados até agora demonstram uma tendência de queda nas precipitações,e que podemos esperar uma estiagem mais seca do que a média histórica. O secretário executivo do Consórcio PCJ, Francisco Lahóz, recomendou que os serviços de água se preparem para o período, com aquisição extra de insumos para o tratamento de água e esgoto, além de campanhas de sensibilização quanto ao uso racional de água.
 
Lahóz ainda pontuou a necessidade de criar ações de contingenciamento tarifário, a exemplo do que acontece no setor elétrico. Quando os reservatórios de geração de energia ficam com reservação comprometida, tarifas extraordinárias entram em vigor para não comprometer financeiramente as distribuidoras.
 
A Reunião Plenária do Consórcio PCJ ainda contou com a apresentação do Relatório de Atividades e do balanço financeiro da entidade de 2017.  Também foi passada a programação do 8º Fórum Mundial da Água que se inicia no próximo dia 18 de março, e do estande do Consórcio PCJ na feira técnica do evento. A gerente técnicada entidade, Andréa Borges, falou dos temas que serão debatidos, e também alguns detalhes dos painéis mais interessantes.
 
Ao final, houve a apresentação do resultado da parceria do Consórcio PCJ com a Teia editorial na produção da Revista "Conexão Água", com informações atualizadas sobre o 8º Fórum Mundial da Água e dicas de como aproveitar o evento da melhor forma. 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Geral

'Geladoteca' em Americana pra mais leitura


Sextou com o horóscopo do dia pra você


Tivoli funciona em horário especial a partir do dia 17


Padre do Bom Jesus vai tirar ano sabático


De ex vendedor de coxinhas a autor best-seller



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza