Economia

NO comemora quase mil vagas abertas em 2019

Publicado em 2019-10-21 13:43:47 Atualizado em 2019-10-21 13:43:47 (265 visualizações)

Impulsionada pelo setor de serviços e pela indústria de transformação, Nova Odessa criou 85 empregos com carteira assinada no mês de setembro. Os dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados na quinta-feira (17) pela Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia. No acumulado de 2019, o município soma 964 postos de trabalho abertos, o segundo melhor saldo entre os municípios da RMC (Região Metropolitana de Campinas) com menos de 100 mil habitantes.

De acordo com números do Caged, foram contratadas 577 pessoas no mês passado, contra 492 demissões. A indústria deu a maior contribuição para o mercado de trabalho novaodessense no período, com 23 empregos formais gerados. Em seguida, vem o setor de serviços, responsável pela criação de 20 novos postos. As outras oportunidades surgiram em outros setores, como comércio, construção civil e agropecuária.

"Conseguimos tirar mais 85 pessoas do desemprego em setembro e estamos próximos de atingir a marca de mil postos de trabalho formais criados no ano. Hoje, temos uma média de mais de 100 vagas abertas por mês. Embora ainda seja pouco, devido ao enorme déficit de emprego gerado pela crise que atingiu nosso país nos últimos anos, estamos buscando alternativas e reagindo, e de forma sustentada", avaliou o secretário de Desenvolvimento Econômico do município, José Mário de Moraes.

Com 60 mil habitantes, Nova Odessa foi a sexta cidade da RMC que mais gerou emprego em setembro, atrás apenas de Campinas (431), Sumaré (418), Americana (135), Itatiba (135) e Pedreira (130). O grupo metropolitano é formado por 20 municípios. No acumulado entre janeiro e setembro, o Paraíso do Verde é o nono do ranking regional. No ano, o setor de serviços é o grande motor na geração de empregos formais, com 489 pontos abertos.

O desempenho do município em 2019 contrasta com o momento vivido no ano passado, quando foram fechados 47 postos de trabalho nos primeiros nove meses do ano.

No Brasil, foram criados 157.213 postos formais de trabalho no último mês. É o melhor resultado para setembro desde 2013, quando as admissões superaram as dispensas em 211.068 vagas. O saldo de geração de empregos no ano é 761.776, 6% a mais que no mesmo período do ano passado, de acordo com o Caged.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Economia

Procon orienta consumidores para compras na Black Friday


Feirão 'Limpa Nome' Caixa em Americana


PAT Americana com 53 vagas disponíveis


Mega-Sena pode pagar hoje R$ 10,5 milhões


3 dicas para se dar bem na Black Friday



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza