Economia

Veja 5 dicas para humanizar sua empresa

Diminua custos e aumente engajamento

Publicado em 2018-10-10 18:00:02 Atualizado em 2018-10-10 18:00:02 (49 visualizações)

Segundo informações divulgadas pelo Instituto HR Trend, a iniciativa de humanizar o ambiente de negócios é uma das tendências deste e do próximo ano para a área de Recursos Humanos, enquanto o estudo Global Trend Map realizado pela Inova Consulting identificou que implantar elementos humanos na corporação resulta na otimização do desempenho. Por sua vez, o relatório Tendências Globais de Capital Humano 2018 revela que as empresas não são mais avaliadas somente pela qualidade de produtos e serviços. Hoje, as marcas são observadas pela maneira de lidar com colaboradores, clientes e sociedade.

Na prática, a empresa humanizada é um formato de negócio voltado para atender às necessidades das pessoas por meio de uma gestão horizontal. “Quando se trata do olhar humanizado, é preciso ter em mente que um colaborador não será visto apenas como alguém pago para cumprir uma carga horária. A empresa passa a ver os funcionários como essenciais para o seu funcionamento e começa a valorizar as características psicológicas, culturais e a necessidade de cada um. Além de abrir espaços para escutá-los e fornecer feedbacks constantes”, afirma Flora Alves, CLO (Chief Learning Officer) da SG – Aprendizagem Corporativa.

Mas como fazer isso efetivamente? A especialista em aprendizagem corporativa selecionou dicas:

Construa ambientes de descompressão: em uma empresa humanizada a estrutura do ambiente de trabalho faz a diferença. É preciso investir na construção de um local agradável, dinâmico e atrativo para ajudar na qualidade de vida do colaborador.

Alimente a cultura do treinamento: uma atividade indispensável na agenda da humanização são os treinamentos uma vez que aperfeiçoar as competências do colaborador é sinônimo de cuidar tanto do seu desenvolvimento profissional como pessoal.

Não tenha medo da tecnologia: a tecnologia também é uma aliada para compreender o perfil do cliente e valorizar o funcionário. Basta entender o seu funcionamento e como extrair o melhor dela.

Promova a co-criação: na empresa humanitária, independentemente do cargo, todos têm a chance de se expressar seja com dores ou sugestões. Portanto, tenha na companhia um espaço para promover discussões e a co-criação.

Para mais informações, acesse: http://www.learningsg.com.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Economia

La Nuit inaugura no Shopping


Receita Federal paga quinto lote de restituições do IR


Apenas 31% dos brasileiros são consumidores conscientes


Veja 77 vagas de emprego


Apostador do Pará ganha R$ 27 milhões sozinho



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza