Economia

Horário de verão atrasado e a economia de energia

Dicas da Kraft

Publicado em 2018-10-09 06:00:02 Atualizado em 2018-10-09 06:00:02 (129 visualizações)

Até o mês de outubro, mais de um terço do ano de 2018 se manteve com a tarifa de energia elétrica no patamar mais elevado. Em seu site, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) segue afirmando que a alta cobrança se justifica pelo baixo nível dos reservatórios, que esta é uma medida preventiva e que até que a mesma seja revertida, , a cada 100 kWh (quilowatts-hora) consumidos continuará havendo um acréscimo de R$ 5,00 na cobrança.

Porém, em decorrência no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e das eleições para presidência, o início do horário de verão foi adiado para o dia 18 de novembro. O horário de verão é uma medida implementada em prol da economia de energia elétrica, e frente a este deslocamento em sua data de início, ao lado das altas tarifas, a necessidade de economizar fica ainda maior.  Mas como detectar quais gastos com energia elétrica podem ser reduzidos?

O engenheiro eletricista Lucas Scarin, responsável por projetos elétricos na Kraft Engenharia, ressalta que há várias medidas que podem ser tomadas pelos consumidores para economizar e não ser pego de surpresa quando a conta chegar. A primeira sugestão é o investimento em aquecimento de água a gás ou solar, pois o um dos vilões de consumo da casa é o chuveiro. "Em uma família com quatro pessoas, é possível economizar até 25% na conta substituindo a energia elétrica. Outra medida é a substituição de antigas lâmpadas incandescentes por LED", explica ele.

Quando o consumo familiar é analisado em escala, a exemplo de condomínios residenciais, os gastos com energia devem ser analisados com o dobro de atenção. O engenheiro eletricista calcula que em um edifício residencial, os gastos apenas com iluminação das garagens e áreas comuns podem representar mais de 50% da conta de energia elétrica. "Um sistema mais eficiente e econômico pode diminuir em até 90% as despesas com iluminação. Temos o caso de um condomínio que o gasto mensal era de R$ 3.500,00 e passou para R$ 1.900,00 após a implantação de um novo projeto elétrico no prédio, com a troca de lâmpadas e outras medidas eficientes que são analisadas caso a caso", exemplifica Scarin.

Outras dicas que podem ser adotadas são o uso da iluminação natural ou lâmpadas econômicas, pintar o ambiente de cores claras, isolamento térmico eficiente e janelas maiores, pois elas melhoram a luminosidade e diminuem a necessidade de ventilador e ar condicionado.

SOBRE A KRAFT ENGENHARIA
A Kraft Engenharia foi fundada há mais de 10 anos em Campinas e é uma empresa focada em soluções práticas e eficazes de engenharia elétrica. A empresa oferece projetos para instalação de usina solar fotovoltaica, projetos, consultoria para engenharia e instalações elétricas, além de laudo e perícias extrajudiciais.

A equipe da Kraft é formada por engenheiros eletricistas e civis formados na PUC-Campinas e que atuam em projetos sustentáveis e econômicos que otimizam os recursos naturais e financeiros.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Economia

La Nuit inaugura no Shopping


Receita Federal paga quinto lote de restituições do IR


Apenas 31% dos brasileiros são consumidores conscientes


Veja 77 vagas de emprego


Apostador do Pará ganha R$ 27 milhões sozinho



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza