Economia

Alunos trocam cursinho por estudo on-line

Economia de tempo e dinheiro

Publicado em 2018-09-14 17:00:01 Atualizado em 2018-09-14 17:00:01 (587 visualizações)

Em 2017, um curso pré-vestibular em São Paulo chegou a custar até R$ 30 mil reais por ano. O alto investimento, aliado à falta de tempo, explica a razão de muitos alunos começarem a estudar por conta própria. E para quem quer estar bem preparado, o prazo é curto. Neste ano, o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) acontecerá em dois dias de prova: nos dias 4 e 11 de novembro.
 
Foi pensando em facilitar a vida dos estudantes que o Centro Universitário Internacional Uninter promove gratuitamente o Pré-Enem a distância. O curso é disponibilizado em duas etapas e possibilita ao aluno estudar no ritmo que quiser e onde estiver.
 
Na fase 1, o curso é 100% on-line, com um módulo completo que permite ao aluno estudar com antecedência. Além de ter acesso às disciplinas contempladas na prova, bem como conteúdos cobrados nas edições anteriores, os estudantes contam com aulões de reforço, tutoria on-line e até simulados comentados.
 
Já a fase 2 consiste em aulas ao vivo em qualquer um dos mais de 700 polos de apoio presenciais espalhados por todo o país, por meio de um curso intensivo para quem busca uma revisão próxima da data da prova.
 
“É importante que os alunos estejam habituados à linguagem e ao estilo da prova. No Pré-Enem Uninter, reunimos um material completo, com conteúdo diferenciado, aliado a profissionais especializados para esclarecer todas as dúvidas dos estudantes antes da prova”, explica Dinamara Machado, diretora da Escola Superior de Educação da Uninter.
 
As informações completas e inscrições estão disponíveis no site https://www.uninter.com/enem/.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Economia

Dicas para sua loja virtual vender mais na Black Friday


Acisb e BV SCPC te ajudam a limpar o nome


Black Friday 2018: atenção aos golpes virtuais


Coaching e a Nova Economia


Inadimplência cresce 4,22% em outubro



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza