Diversão e Arte

Teatro Municipal recebe o espetáculo Madame Butterfly

Ópera conta uma história que se passa no Japão

Publicado em 2019-09-20 11:15:29 Atualizado em 2019-09-20 11:15:29 (503 visualizações)

Madama Butterfly, ópera em três atos de Giacomo Puccini, estreada no Teatro Alla Scala, de Milão, em 1904, será apresentada pela primeira vez no interior do Estado de São Paulo. O primeiro ensaio da encenação aconteceu nesta quinta-feira (19), no Teatro Municipal Lulu Benencase, que recebe o espetáculo no dia 26 de setembro, às 20 horas, com a Orquestra Sinfônica de Americana, sob a regência do Maestro Álvaro Peterlevitz. Cada ingresso deve ser trocado por 1 quilo de alimento não perecível na bilheteria do Teatro.

A direção cênica da ópera será de Jorge Coli, professor ligado a Unicamp, crítico e jornalista e contará com encenação completa com cenários, figurinos e coro, tendo como protagonista a soprano Marly Montoni como Butterfly - Cio Cio San e o tenor Fernando Castro como o marinheiro Pinkerton, além de um grande elenco composto por nomes como Tomás David, Ulisses Montoni,  Gustavo Lassen, Marcelo Mesquita, Catarina Taira, Marcus Ouros, Alex Mesteir, Cristiane Mesquita.

A ópera conta uma história que se passa no Japão, na cidade de Nagasaki, onde o casamenteiro Goro prepara o enlace do marinheiro norte americano Pinkerton com a gueixa Butterfly. Com apenas 15 anos, a jovem abandona sua religião para seguir a de seu futuro esposo e acaba sendo desprezada por sua família e amigos. Após a noite de núpcias, Pinkerton volta aos Estados Unidos, deixando a gueixa grávida, fato que ele ignora e só vem a descobrir depois de três anos quando volta para desfazer o casamento, pois havia casado com uma americana. Pinkerton fica sabendo de seu filho através do cônsul americano no Japão, Sharpless e quer levar o menino consigo. Após todos estes anos com esperança no retorno de seu marido, a pobre Madama Butterfly não vê outra solução a não ser se suicidar, deixando assim a criança aos cuidados do pai. Triste fim para uma jovem gueixa de apenas 18 anos de idade.

O espetáculo está sendo produzido pela APAA (Associação Paulista dos Amigos da Arte) e Cia Ópera São Paulo, que tem como diretor geral e artístico, Paulo Esper, coordenador geral, Alberto Marcondes, e o produtor, Willian Nunes.

Após a apresentação em Americana, o espetáculo segue para Araras, no dia 27, no Teatro Estadual, e dia 29, em São João da Boa Vista, encerrando a Semana Guiomar Novaes. O Teatro Municipal fica na Rua Gonçalves Dias, 696, Jardim Girassol. Mais informações pelo telefone (19) 3461-3045.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Diversão e Arte

Ruiva 'blue eyes' brilha no site


O universo das máscaras


Tivoli tem exposição de desenhos Astros do Rock


O 'coringa' das artes: de Sumaré para o Brasil


Japa do Santos vira Malévola supersexy



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza