Cidades

Americana terá simulação de emergência da barragem

Em setembro, ainda sem data definida

Publicado em 2019-08-19 16:35:28 Atualizado em 2019-08-19 16:35:45 (516 visualizações)

As Defesas Civis de Americana e Limeira, juntamente com a CPFL Renováveis, Defesa Civil Regional de Campinas, Defesa Civil do Estado de São Paulo, Corpo de Bombeiros, Secretarias Municipais de Americana e Limeira, Centro de Operações Especiais (COE) e outros órgãos e autoridades da região vão realizar em setembro, em data a ser definida, um simulado de emergência que tem o objetivo de preparar e orientar a população em caso de incidentes na Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Americana.

Na última quinta-feira (8), ocorreu mais uma reunião de planejamento, na sede da Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas) com todos os envolvidos com a operação. Paralelamente à ação, ocorrerá também o 2º Exercício de Comunicação de Alerta de Rompimento, envolvendo os municípios de Americana, Campinas, Jaguariúna, Pedreira, Limeira, Piracicaba, Iracemápolis, Santa Bárbara D'Oeste e São Pedro.

A simulação de situação de emergência será importante para preparar os moradores da região e os órgãos responsáveis pelo socorro. "O objetivo do exercício é treinar a população nas áreas atingidas para que ela promova o seu salvamento e os órgãos que prestam socorro para o atendimento imediato nesses casos. Estamos fazendo a análise de cenário, recursos, procedimentos e responsabilidades para que cada um execute a sua função e atribuição neste trabalho", explicou o 2º tenente PM Tiago Luiz Lourençon, diretor do Núcleo de Análise de Risco da Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil.  
 
De acordo com a Defesa Civil de Americana, serão montadas estruturas, como posto de comando, sala de crise para centralizar os trabalhos e atendimento de apoio nos pontos de abrangência onde ocorrerá a evacuação de pessoas. O objetivo é atender todas as áreas possivelmente atingidas em caso de ruptura.

A CPFL Renováveis, em conjunto com a Defesa Civil, já realizou a instalação de 26 placas indicando rotas de fuga e pontos de encontro nos municípios de Americana e Limeira, além da instalação de sirenes para alertar a população. De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), a barragem de Salto Grande, da PCH Americana, está classificada na categoria de risco B, indicando que possui todas as condições de segurança.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Cidades

Drenagem avança nas obras de pavimentação do Santa Alice


Nova Biblioteca recebe Concertos - EPTV Didáticos nesta quarta


Judô de Nova Odessa conquista 8 medalhas em Pirassununga


Nova Odessa ganha documentário


Novos loteamentos estão proibidos em Nova Odessa



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza