Cidades

Obras contra erosão no Bosque Manoel Jorge são finalizadas

Melhoria na contenção de águas pluviais

Publicado em 2019-01-12 16:00:07 Atualizado em 2019-01-12 16:00:07 (274 visualizações)

Foram concluídas pela empresa contratada pela EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) as obras contra erosão na parte interna do Bosque Manoel Jorge, em Nova Odessa. O problema causava o assoreamento, durante as chuvas, da lagoa existente no local. O trabalho foi realizado graças a um pedido que o prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza fez ao governo estadual, completar ao Corredor Metropolitano Noroeste. As intervenções no bosque tiveram início em abril do ano passado.

Nesta sexta-feira (11), o secretário de Obras, Projetos e Planejamento Urbano, Elvis Ricardo Maurício, o Pelé, esteve no Bosque Manoel Jorge para uma última vistoria. "Trata-se de uma obra muito importante e grande mesmo. Foram construídos gabiões e muros de arrimo para contenção de erosão, assim como uma escada hidráulica para amortecer a velocidade da água e um canal pluvial das águas provenientes da Avenida Ampelio Gazzetta, até a lagoa dentro do bosque", explicou Pelé. "A água corria direto pela terra, que ia parar dentro da represa do bosque, provocando o assoreamento completo", reforçou o secretário.

Agora, com a obra finalizada, a principal melhoria proporcionada será a contenção de águas pluviais. "Com a canalização, a lagoa servirá também como uma espécie de piscinão natural e iremos amenizar o acúmulo de água de chuvas no entorno da Rodoviária", explicou Pelé. A Secretaria de Meio Ambiente, Parques e Jardins também acompanhou de perto todos os trabalhos. "As supressões de árvores realizadas no Bosque Manoel Jorge foram todas feitas dentro do permitido e no intuito de facilitar a entrada dos equipamentos que realizaram essa importante obra", disse a diretora de Meio Ambiente, Parques e Jardins, Fernanda Dagrela.

DESASSOREAMENTO. No início de dezembro, o prefeito Bill entregou nas mãos do secretário estadual de Saneamento e Recursos Hídricos, Ricardo Borsari, o pedido de desassoreamento das represas existentes nos bosques Manoel Jorge e Isidoro Bordon. Também participaram da reunião o secretário-executivo do Consórcio PCJ, Francisco Lahoz, o assessor-técnico da mesma entidade, Flávio Stenico, e o deputado federal Vanderlei Macris. O Estado, inclusive, já enviou técnicos ao município para analisar a situação das represas. "Sai daquele encontro cheio de esperança, de que o governo estadual vai nos ajudar no trabalho de desassoreamento das represas que ficam nos bosques Manoel Jorge e Isidoro Bordon, para que nós possamos devolver a beleza para esses dois locais. O Borsari, que é um grande amigo, foi sensível com o meu pedido", disse o prefeito.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Cidades

Tentou entrar na cadeia com droga pro namorado


Identificado casal que morreu na SP


Roubou Pague Menos e ameaçou funcionários


Casal morre após carro cair no vão na SP


Roubou farmácia no São Vito e dançou



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza