Cidades

Proerd forma 374 alunos em Nova Odessa

Evento é aberto para população

Publicado em 2018-06-14 14:00:01 Atualizado em 2018-06-14 14:00:01 (174 visualizações)

Cento e oitenta alunos da Emefei (Escola Municipal de Ensino Fundamental e Educação Infantil) Vereador Osvaldo Luiz da Silva e das Emefs (Escolas Municipais do Ensino Fundamental) Haldrey Michelle Bueno, Therezinha Antonia Malaguetta e Almerinda Delegá Delben, além do Colégio Biocêntrico, vão receber nesta quinta-feira, a partir das 19h, o diploma de participação no Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência) promovido pela Polícia Militar em parceria com a Secretaria de Educação de Nova Odessa. O evento será na Emefei Vereador Osvaldo Luiz da Silva, que fica na Rua Vitório Fadel, 465, no Jardim Marajoara. No dia 26, também às 19h, será a vez de outros 194 estudantes da Emefei Prefeito Simão Welsh e Emef Profa. Salime Abdo receberem o certificado de participação. O evento é aberto a toda população.

A secretária de Educação, Claudicir Brazilino Picolo, ressalta a importância do programa desenvolvido junto aos alunos da rede municipal de educação. Segundo ela, a iniciativa permite orientar os estudantes para que não caiam em situações de apelo e uso de drogas. "Nova Odessa considera o programa muito importante, porque desenvolve atitudes de resiliência nas crianças frente à violência e as drogas. Ele trabalha a prevenção e a necessidade de manter o espírito dos estudantes sempre forte, para que resistam a tentação tão presente na sociedade moderna. E nosso papel é não apenas educar, mas formar cidadãos mais preparados e conscientes de seu papel na sociedade e este projeto contribui para isto. Além de tratar da temática de drogas e violência, o Proerd fortalece o vínculo da criança com o policial, mostrando o quanto ele é parceiro e amigo da comunidade", disse ela.

O PROERD. O Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas) foi implantado no Brasil em 1992, pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, e hoje é adotado em todo o País. Durante o projeto, policiais militares, fardados e devidamente treinados e com material próprio, desenvolvem um curso de prevenção às drogas e a violência com alunos em seu meio natural, a escola, com o auxílio dos professores.

Através da iniciativa, os alunos recebem informações sobre os efeitos das drogas e aprendem as habilidades necessárias para se manterem longe desse mal. O programa também busca oferecer aos estudantes uma chance de ver os adultos como amigos e pessoas em quem podem confiar e permite às crianças desenvolverem uma atitude positiva em relação às autoridades e respeito pelas leis.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Cidades

Viaduto cede próximo ao Jaguaré e Marginal Pinheiros é interditada


Ruas interditadas no final de semana


Tentou roubar fábrica na rua Limeira e quase foi em cana


NO vai ter Centro de Cultura Leta


Apto pega fogo no Bosque das Árvores



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza