Agenda

5X Comédia volta ao Teatro Iguatemi

24 e 25 de agosto

Publicado em 2019-08-09 10:41:56 Atualizado em 2019-08-09 10:41:56 (211 visualizações)

Cinco dos grandes nomes do humor nacional se unem em um espetáculo irreverente e que tem lotado os teatros brasileiros. Bruno Mazzeo, Débora Lamm, Katiuscia Canoro, Lúcio Mauro Filho e Luís Miranda apresentam o espetáculo “5X Comédia” no Teatro Iguatemi, em Campinas, nos dias 24 e 25 de agosto (às 21h30, no sábado, e às 19h, no domingo).

Sensação do teatro brasileiro na década de 1990, a peça foi totalmente repaginada com novo elenco e roteiro. Atualmente em seu quarto ano de estrada, essa nova montagem segue o caminho de sucesso da versão anterior. A direção é de Monique Gardenberg (produtora da versão original) e Hamilton Vaz Pereira (diretor geral das produções anteriores). Os textos são assinados por Antonio Prata, Julia Spadaccini, Pedro Kosovski, Jô Bilac e pelo próprio Luís Miranda.

Os ingressos custam R$ 30,00 (meia-entrada) e R$ 60,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia-entrada) e R$ 40,00 (inteira) nas fileiras P, Q e R, e podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro ou no site www.ingressorapido.com.br. A realização é da Dueto Produções, com patrocínio da SulAmérica Seguros e apoio do UOL.  A produção local é da Teatro GT e Brain+. Outras informações pelo telefone (19) 3294-3166.

Sobre o espetáculo

Nesta versão do século XXI, “5X Comédia” conta com um time de primeira linha de humoristas da dramaturgia nacional: Bruno Mazzeo, Débora Lamm, Luís Miranda, Katiuscia Canoro e Lúcio Mauro Filho. Os dois últimos substituem Thalita Carauta e Heloísa Périssé, que atuaram na primeira passagem por Campinas, em março de 2018.

Unidos esteticamente pelo cenário de Daniela Thomas e Camila Schmidt, pela luz de Maneco Quinderé e pelo figurino de Cassio Brasil, os cinco atores apresentam esquetes que dialogam na atualidade do roteiro. Temas e citações se repetem aqui e ali: o novo feminismo, a intolerância tênue entre civilidade e barbárie e até mesmo o desenho animado “Peppa Pig”.

“Nana, Nenê” é o primeiro texto do roteirista Antonio Prata para o teatro, e retrata o desespero do clarinetista Rodrigo (Bruno Mazzeo), um pai de primeira viagem que recorre a métodos nada ortodoxos para fazer seu filho dormir.

Em “Branca de Neve”, de Julia Spadaccini, a personagem vivida por Débora Lamm luta para se desapegar da vida de princesa e tentar construir uma nova personalidade.
                                    
Escrita por Pedro Kosovski, “Milho aos Pombos” conta a história de uma eterna aspirante a atriz (vivida por Katiuscia Kanoro) cuja principal habilidade é tirar do sério o diretor de elenco.

Já em “Bola Branca”, o ator Lúcio Mauro Filho vive um homem na tentativa desesperada de meditar em meio ao caos urbano. Ao tentar esvaziar a mente, a busca pelo sentido da vida se coloca em seu caminho.
                                     
Em “Madame Sheila”, esquete escrito e encenado por Luís Miranda, uma socialite francesa avessa aos costumes brasileiros vem ao país para fazer uma palestra sobre sofisticação e elegância – além de, obviamente, enaltecer os prazeres de uma vida na Europa.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Agenda

Bee Gees Brazil se apresenta no Tivoli Shopping


Passeio de rolimã no domingo nas três pistas


Maratona 'Foco no Esporte' acontece domingo em S.Bárbara


Nova Odessa tem mostra de música e dança nesta quinta


Festival Santa Dança de S.Bárbara começa sexta



© 2009-2019. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza