99 orienta passageiros sobre prevenção do Coronavírus

 99 orienta passageiros sobre prevenção do Coronavírus

O Brasil já registrou dois casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) e são mais de 430 suspeitos até o momento, que seguem em monitoramento pelo Ministério da Saúde. Destes, cerca de 160 estão no estado de São Paulo. O segundo local com mais quadros suspeitos é o Rio Grande do Sul: são 73 pessoas em observação.

Para auxiliar e orientar os usuários da plataforma, a 99, empresa de mobilidade urbana, criou uma página dentro do seu site com orientações para motoristas parceiros e passageiros sobre o que fazer, quais os sintomas, onde buscar ajuda e outras informações com foco na prevenção.

Em http://99app.com/coronavirus/ os usuários da 99 podem conferir as instruções dadas pelo Ministério da Saúde, como:

??? Lavar as mãos frequentemente e sempre com água e sabão. Apenas água não basta para eliminar o vírus;

??? Complementar a higienização, quando possível, com álcool em gel 70%;

??? Ao tossir e espirrar, cobrir boca e nariz com lenço descartável ou com o braço. Nunca com as mãos, que são um dos principais vetores de contágio;

??? Evitar tocar olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

??? Evitar contato físico com o motorista, como aperto de mãos;

??? Andar com os vidros do carro abertos para arejá-lo sempre que possível;

??? Evitar aglomerações e manter os ambientes ventilados.

Se, mesmo tomando essas precauções, o motorista parceiro ou o passageiro apresentarem sintomas parecidos com o de uma gripe, como febre, cansaço, tosse seca, dores no corpo, congestão nasal, corrimento nasal, dor de garganta ou diarréia, ele pode ligar gratuitamente para o Disque SUS, no telefone 136, para obter mais informações e locais de atendimento.

O Ministério da Saúde disponibiliza ainda um número de Whatsapp: (61) 99289-4640. O protocolo completo e atualizações diárias de novos casos suspeitos e confirmados podem ser encontrados no site do órgão: http://www.saude.gov.br/coronavirus.

Transmissão e notícias falsas

A gripe do novo coronavírus é transmitida de uma pessoa doente para outra, por contato próximo (de até dois metros de distância) e por meio de saliva, espirro, tosse, catarro, toque ou aperto de mão e objetos e superfícies contaminados.

Ao contrário de correntes falsas que circularam por meio de mensagens do whatsapp, o coronavírus não causa pneumonia de imediato e também ainda não há nenhum medicamento disponível para a sua cura. Assim como chá de gengibre e erva-doce não são indicados para combater a doença.

Fake news como as acima causam pânico na população e atrapalham os trabalhos de prevenção e investigação dos órgãos oficiais. Por isso, é importante sempre verificar a fonte da informação que está circulando em redes sociais. Para isso, o Ministério da Saúde criou uma página para esclarecer o que é falso e verdadeiro sobre o coronavirus: http://www.saude.gov.br/fakenews/coronavirus.

Relacionados

Leave a Reply