500 são removidos por risco em barragem

(Reuters) – Moradores de Barão de Cocais, em Minas Gerais, foram retirados de suas residências na madrugada desta sexta-feira devido a um alerta de desnível na barragem Sul Superior da mina Gongo Soco, da Vale, informaram a mineradora e a prefeitura do município.
O alerta ocorre duas semanas após o rompimento de um depósito de rejeitos da companhia em Brumadinho, também em Minas Gerais, que deixou ao menos 157 mortos e quase 200 desaparecidos. Também nesta sexta-feira, sirenes foram acionadas em Itatiaiuçu (MG) por causa de risco em barragem da ArcelorMittal.
Em comunicado, a Vale disse que a Agência Nacional de Mineração (ANM) ???determinou a evacuação de área à jusante da barragem Sul Superior da mina Gongo Soco???.
???A Vale ressalta que a decisão é preventiva e aconteceu após a empresa de consultoria Walm negar a Declaração de Condição de Estabilidade à estrutura???, acrescentou a companhia, dizendo que a ação teve início na madrugada, abrangendo cerca de 500 pessoas nas comunidades de Socorro, Tabuleiro e Piteiras.
A Reuters não conseguiu contato imediato com a Walm.
???Como medida de segurança, a Vale está intensificando as inspeções da barragem Sul Superior. Também será implantado equipamento com capacidade de detectar movimentações milimétricas na estrutura. A Vale está trazendo consultores internacionais para fazer nova avaliação da situação no próximo domingo.???

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE