4 dicas de gestão para melhorar seu negócio

Fonte: ADV Tecnologia 
Uma boa gestão é indispensável para qualquer negócio ter sucesso. Sem isso, a empresa acaba perdendo totalmente o foco em um mercado cada vez mais competitivo e exigente. No fim das contas, as chances de sobrevivência, crescimento e sucesso são consideravelmente menores. Para evitar que se chegue a essa situação, o foco deve estar na melhora da gestão.

A boa notícia é que esse não precisa ser um processo difícil para a empresa. Veja 4 passos:

1. Controle as finanças

A gestão de qualquer negócio passa por um bom controle financeiro. ?? ele que garantirá que a empresa tenha dinheiro para manter suas operações ou realizar investimentos, assim como dirá como acontecem suas movimentações financeiras. Não controlar as finanças é sinônimo de não as conhecer.

Para fazer um bom controle financeiro, portanto, é preciso que você faça um fluxo de caixa, por exemplo. Ele é uma ferramenta que registra e representa todas as entradas e saídas financeiras do negócio. Feito diariamente, o fluxo de caixa é capaz de mostrar à gestão como ocorrem as movimentações de capital ao longo do período e quais são as necessidades específicas da empresa.

O controle financeiro também deve incluir o planejamento de redução de custos. Para que outros resultados não sejam afetados, porém, é importante que essa redução de custos não implique na redução da qualidade dos produtos ou serviços oferecidos ao cliente. Mapeie processos, identifique gargalos e invista em melhorias que possam diminuir os custos.

2. Otimize processos

Uma boa gestão de negócios também é aquela que faz com que o empreendimento funcione da melhor maneira possível. Assim, se sua empresa tiver processos falhos ou mal elaborados, o resultado não será percebido apenas em forma de perda de dinheiro, mas também de qualidade e de tempo. 

Desta forma, a otimização de processos é uma das protagonistas da melhoria de gestão, já que leva a uma equipe com rendimentos melhores, a menores custos, alavancando também a experiência do cliente.

?? importante mapear e destrinchar esses processos e entender seu funcionamento, por que eles estão na empresa. Conheça também quais são os maiores desafios de um processo. ?? evitar desperdícios, atingir o padrão de qualidade ou ter um tempo reduzido de produção? Ao fazer isso, você entenderá melhor o que está impedindo o processo de melhorar.

3. Gerencie e controle o estoque e as compras

Dois setores cruciais para o sucesso da sua empresa são o de estoque e o de compras. Se um dos dois (ou os dois) não estiver funcionando, a empresa tende a experimentar desabastecimento e perda de vendas simplesmente por não ter os produtos nas prateleiras. Um estoque grande demais também pode levar a furos e produtos encalhados, enquanto um setor de compras ineficiente consegue negociações menos vantajosas e frequentemente mais caras para a empresa.

?? necessário manter um controle de estoque que seja capaz de identificar todos os produtos que entram e que saem do negócio, quantos desses produtos estão armazenados, o valor pelo qual foram comprados e muito mais. Isso é essencial, porque apenas acumular os produtos em um local da empresa não vai trazer qualquer benefício para o negócio, além de aumentar as chances de desperdício. Se os artigos forem perecíveis ou se puderem se tornar obsoletos, é ainda mais importante monitorar atentamente o fluxo de entrada e de saída com um bom controle de estoque.

E por falar em controlar o estoque, também é relevante que o giro do estoque seja conhecido. Se o produto tiver um alto giro, significa que ele entra no estoque, fica pouco tempo e sai por ter sido vendido. Em alguns casos, a mercadoria é vendida antes mesmo de entrar no sistema! Já um produto com baixo giro é aquele que passa dias, semanas ou até meses nas prateleiras, precisando, portanto, de uma atuação diferenciada para que sejam vendidos, ainda que mais baratos.

Ter esse conhecimento é importante para que o setor de estoque dê feedback ao setor de compras, indicando o que tem boa saída e o que não.

4. Faça um planejamento estratégico

Não é possível chegar em um tesouro sem ter um mapa. No caso do seu negócio, esse mapa para chegar até o sucesso vem em forma de planejamento estratégico, que serve para indicar qual é o caminho a ser seguido. Sem esse tipo de planejamento, sua empresa está lançada à própria sorte, o que, em um mercado competitivo, pode ser até mesmo fatal.

Para saber aonde o negócio quer ir é preciso, primeiramente, conhecer onde ele está, qual a situação da empresa e quais são os desafios por ela enfrentados. Se a empresa está estagnada, o desafio é o crescimento. Se, por outro lado, o negócio está crescendo rápido demais, certamente o desafio mora na garantia do sustento dessa nova realidade. Uma empresa que esteja experimentando um revés financeiro e de faturamento, por sua vez, tem o desafio de se manter competitiva e lucrativa no mercado.

Depois disso, é importante definir os objetivos, que são os pontos finais, e as metas, que funcionam como paradas no caminho. ?? necessário lembrar que os objetivos e as metas devem ser específicos para a necessidade da empresa, podendo ser definidos, inclusive, de acordo com cada setor do negócio.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE