3 ‘erros’ e 2 ‘acertos’ de Choco, o breve

O ano acabou e o governo breve de Paulo Chocolate (PSC) termina em Americana com saldo negativo por conta das montanhas de lixo espalhadas pela cidade. O saldo também fica no “-1”  por conta da greve dos servidores e do não pagamento (atraso) nos salários por duas vezes e no 13o. 
CHEIRO– O tamanho, cheiro e peso dos problemas fizeram com que os poucos acertos fossem engolidos e passassem desapercebidos pela população. Americana aparecer no Jornal Nacional, ainda que no período entre Natal e Ano Novo, foi a cereja ruim do bolo do governo Choco. Os servidores estão hoje contra o prefeito que sai e juram não votar e fazer campanha contra ele. 
ACERTOS– Com as cidades vizinhas e mais da metade do estado com graves problemas de água, Americana não enfrentou problemas de abastecimento e aparentemente passará incólume pelo verão. Outra medida positiva foi o corte de comissionados face à crise financeira. No balançar político da cidade, Choco não conseguiu se tornar uma liderança de ponta, mas aprendeu como funciona a máquina e poderá criar dificuldades para o próximo governo ou mesmo voltar em 2016 caso a crise persista e as promessas de Omar se mostrem inviáveis.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE