De olho nas Olimpíadas, bares se adaptam para atender

Os empresários de bares e restaurantes no país estão otimistas com a realização dos jogos olímpicos de 2021 que acontecerão no Japão, em julho. Nas cidades onde ocorre um afrouxamento das restrições por conta da pandemia de Covid-19, sem desrespeito às regras de segurança do cliente, com certeza, haverá um aumento no movimento nesses locais durante as Olimpíadas.

Ibraim Lopes, dono do SeuBar, referência consolidada no segmento de bares e restaurantes, localizado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, acredita que ocorrerá um aumento no movimento. “No entanto, temos que respeitar as regras e horários e os clientes precisam estar cientes sobre essas questões”.
O empresário afirma que irá manter o cardápio padrão do SeuBar, mas claro, que introduzirá novidades para atrair os clientes. “A pandemia trouxe reflexos para toda a sociedade e negócios dos mais variados segmentos. Mas tudo parece que caminha para uma estabilização das taxas de infecção, com o avanço da vacina, o que poderá ser um estímulo para as pessoas saírem, de forma gradativa, do isolamento social, respeitando regras sanitárias”.
Sobre Ibraim Lopes
Ibraim Lopes, carioca com 37 anos de idade, publicitário e grande empresário do ramo de entretenimento e gastronomia. Começou sua carreira profissional na área do entretenimento ainda na adolescência promovendo eventos onde rapidamente se destacou pela vocação de lidar com público.

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE