Unicamp discute futuro da RMC em seminário

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), por meio do NEPO (Núcleo de Estudos de População “Elza Berquó”), promoverá na próxima terça-feira, dia 29 de junho, a partir das 10h, o seminário online “Perspectivas para a RMC” visando a apresentação do PDUI (Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado) da Região Metropolitana de Campinas. O evento, que é aberto a toda população, terá transmissão ao vivo pelo Youtube (www.nepo.unicampbr/aovivo) e as inscrições podem ser feitas através do endereço www.nepo.unicamp.br/pdui/incricoes.

O seminário, que tem apoio da Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas), será dividido em três etapas. A primeira delas, com o uso da palavra pelas autoridades. Participarão o reitor da Unicamp, professor José Meirelles; o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi; o prefeito de Jaguariúna e presidente do Conselho de Desenvolvimento da RMC, Gustavo Reis; o diretor-executivo da Agemcamp, Benjamim Bill Vieira de Souza; a coordenadora do NEPO, Maísa Faleiros da Cunha; e o promotor de Justiça, Rodrigo Sanches Garcia, do GAEMA (Grupo de Atuação Regionalizada de Defesa do Meio Ambiente).

A segunda parte do seminário contará com a palestra dra. Heloísa Soares de Moura Costa, professora titular do Departamento de Geografia da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e coordenadora territorial do Planejamento Metropolitano de Belo Horizonte, convidada especial.  Já na terceira e última parte do evento, será feita a apresentação do PDUI, que ficará sob responsabilidade do geógrafo Eugênio Senese Neto; da economista Fernanda de Cássia Costa; e da arquiteta e urbanista Maria Ligia Soares de Oliveira Wertheimer. Os três são ex-integrantes da equipe técnica da extinta Emplasa (Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano). A coordenação do evento será feita pelo professor doutor José Marcos da Cunha (IFCH/NEPO/Unicamp).

PDUI. O Estatuto da Metrópole determina que todas as regiões metropolitanas e aglomerações urbanas desenvolvam, até 31 de dezembro deste ano, seus Planos de Desenvolvimento Urbano Integrado. Além dos conteúdos mínimos definidos em lei, após a sua aprovação, os municípios que integram essas regiões metropolitana deverão compatibilizar seus Planos Diretores Municipais às novas regras.

O PDUI, como instrumento legal de Planejamento, estabelece diretrizes, projetos e ações para orientar o desenvolvimento urbano e regional, buscando reduzir as desigualdades e melhorar as condições de vida da população metropolitana. Também fixa as bases de atuação conjunta entre estado e municípios. Importante ressaltar que o PDUI deverá levar em conta o papel da RMC e do seu polo, o município de Campinas, na Macrometrópole Paulista, bem como sua importância socioeconômica no contexto nacional.

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE