8 benefícios da corrida como treino de cardio

O treino de cardio é uma ótima opção para quem deseja se cuidar e a corrida está entre os melhores desses exercícios. Além de fornecer disposição para cumprir as atividades do dia a dia, o treino oferece uma extensa lista de benefícios.

Considerada o carro-chefe dos exercícios de cardio, a corrida é uma ótima opção para quem procura muitos benefícios em uma única atividade. Ela acelera o metabolismo, fazendo com que o corpo queime mais calorias, tanto durante, quanto após a atividade.

Convidamos os técnicos da Race Bootcamp, studio especializado em treino funcional com corrida com unidades em São Paulo, Curitiba e Cuiabá, para contar quais benefícios conseguimos obter através do exercício. O studio ainda conta com serviço At Home, que oferece diversos treinos online diários.

Fortalece os músculos cardíacos prevenindo doenças cardiovasculares
A pratica de exercícios físicos, principalmente os aeróbios, promove um aumento da frequência cardíaca e vaso dilatação para suprir as necessidades de oxigênio do corpo durante a prática, que ajuda na regulação da pressão arterial. Pessoas ativas possuem uma frequência cardíaca de repouso muito mais baixa que uma pessoa sedentária, isso acontece pois o coração, por também ser um músculo, se torna mais forte conseguindo bombear um volume maior de sangue por batimento mesmo estando em repouso.

Auxilia no aumento da densidade óssea, diminuindo/prevenindo a osteoporose
A contração muscular e o impacto gerado durante a corrida promovem a melhora da massa óssea, consequentemente tornando os ossos mais densos, fortes e prevenindo ou até revertendo casos de osteopenia e osteoporose.

Aumenta a resistência muscular e cardiorrespiratória
A resistência física é a capacidade do corpo em aguentar o exercício por um período maior de tempo. Para o corpo aguentar o grande número de repetições (passadas) que executamos durante a corrida, o coração começa a bombear mais sangue, os músculos vão se tornando mais fortes, resistentes a fadiga e eficientes na captação de oxigênio.

Diminui a concentração de gordura no organismo
Por ser um exercício de alto gasto calórico, nosso organismo começa a usar o açúcar presente no sangue para gerar energia por ser uma fonte de energia rápida. No entanto, após um tempo, quando os níveis de açúcar começam a diminuir, nosso corpo passa a usar a gordura como fonte de energia. Por esse motivo é uma das atividades mais citadas para quem deseja emagrecer.

Melhora a qualidade do sono
Devido ao esforço no qual submetemos o corpo durante a corrida, é muito comum as pessoas se sentirem mais relaxadas e com isso terem noites melhores de sono. Porém para algumas pessoas pode ocorrer exatamente o oposto e elas se sentirem energizadas ao final da corrida, dificultando na hora de dormir caso tenham treinado no período da noite. Para esse perfil de pessoa o recomendado seria correr no período da manhã para gastar essa energia ao longo do dia.

Reduz stress e sintomas de depressão
Endorfina atua como um analgésico e calmante natural ajudando no alivio do stress e depressão. A serotonina atua na estabilidade emocional e a dopamina está relacionada ao sentimento de motivação. Pessoas depressivas normalmente têm baixos níveis de serotonina e dopamina no cérebro. Exercícios aeróbios como a corrida promovem a liberação de endorfina, e quando feita de forma regular, também pode aumentar os níveis de serotonina e dopamina, que são os conhecidos hormônios da felicidade.

Melhora autoestima
Após meia hora de corrida há o aumento da endorfina, hormônio que além de ser um analgésico e calmante natural, também proporciona melhora da autoestima, autoconfiança e bem estar.

Aumenta a capacidade de concentração, previne a perda de memória e risco de demência
A corrida aumenta a oxigenação no cérebro, estimulando as células nervosas, podendo trazer benefícios no tratamento de doenças como demência, esclerose múltipla e Alzheimer. Além disso, há um aumento do fluxo sanguíneo no lobo frontal, área do cérebro associada ao raciocínio, planejamento de comportamento, memória, atenção e concentração, processamento emocional, entre outros. Com o aumento da oxigenação e do fluxo sanguíneo, a corrida pode ajudar a retardar o declínio mental relacionados à idade.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE