Comitê de retomada econômica agora será regional

A criação de um comitê regional de retomada econômica foi aprovada nesta terça-feira (15) pelos prefeitos da RMC (Região Metropolitana de Campinas) em reunião do Conselho de Desenvolvimento da RMC, em Jaguariúna.

 

O Comitê Regional de Retomada Econômica se espelha no grupo de trabalho desenvolvido em Americana em parceria entre a Unidade de Desenvolvimento Econômico e a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, capitaneados respectivamente pelo secretário adjunto de Desenvolvimento Econômico, Rafael de Barros e pela diretora regional de Trabalho e Empreendedorismo da secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico, Alcinéia Moraes.

 

“Fico feliz em saber que nosso trabalho está apresentando resultados locais e agora, esta ação se expande como um modelo regional. Para um gestor público não há maior reconhecimento do que essa possibilidade de ver um projeto municipal ser ampliado e replicado”, disse Chico.

 

O Comitê de Retomada Econômica de Americana foi anunciado pelo prefeito Chico Sardelli e pelo vice-prefeito Odir Demarchi, em 30 de abril, para coordenar ações de geração de emprego e renda no período pós-pandemia.

 

Além da Prefeitura, da Câmara de Americana e da secretaria estadual, 13 entidades e órgãos de classe estão presentes no Comitê de Retomada Econômica de Americana: Sebrae, Sinditec, Sincomércio, Aescon, Ciesp, Acia, Senai, Fidam, OAB, Fórum de Desenvolvimento e Cidadania de Americana, Fatec, Unisal e FAM.

 

Na reunião entre prefeitos ocorrida em Jaguariúna, Alcinéia Moraes destacou a eficácia da ação regionalizada. “Como vivemos de forma metropolitana, a gente tem que trabalhar em sinergia e racionalizar os esforços para que os municípios não tenham competição entre si mas atuem conjuntamente”, argumentou.

 

Os prefeitos também aprovaram a inclusão dos municípios de Amparo e de Elias Fausto no Conselho de Desenvolvimento. A proposta agora segue para a análise estadual. O grupo ainda deliberou a apresentação de um ofício solicitando a ampliação da quantidade de leitos no AME Campinas (Ambulatório Médico de Especialidades) para o atendimento a pacientes com Covid-19.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE