Enfermeiro Renan. A sétima vítima da Covid em Americana

A Vigilância Epidemiológica de Americana confirmou, na manhã desta segunda-feira (1º), que o enfermeiro Renan do Prado é a sétima vítima residente no município por Covid-19, sendo o primeiro de um profissional da saúde. Com 31 anos, Prado atuava na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Piracicamirim e no Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), no município de Piracicaba, faleceu no sábado (30). Ele era morador do bairro São Jerônimo e tinha diabetes, hipotireoidismo e hipertensão.

O profissional foi servidor público municipal em Americana, de 2010 até 2018, atuando em diversas unidades de saúde, como o Hospital Municipal “Dr. Waldemar Tebaldi” e o PA (Pronto Atendimento) Zanaga. Ele começou a ter sintomas do coronavírus no dia 3 de maio e teve resultado positivo de covid-19 no dia 10. Ele estava internado na UTI do Hospital Regional de Piracicaba, onde veio a falecer.

As outras vítimas fatais da Covid-19 residentes em Americana foram: um homem de 64 anos, morador da Vila Redher, no dia 27 de março; um homem de 70 anos, morador do Iate Clube de Americana, no dia 4 de abril; um homem de 48 anos, morador do Jardim Ipiranga, no dia 13 de abril; um homem de 60 anos, morador do Parque da Liberdade, no dia 28 de abril; e duas mulheres de 69 e 71 anos, no dia 23 de maio, que residiam na casa de longa permanência para idosos, localizada no bairro Santa Cruz.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE