10 dicas para economizar no Dia das Crianças

O mês de outubro e o Dia das Crianças deste ano será diferente. No lugar de comemorações em locais fechados e com muitas pessoas, a data deverá ser comemorada de acordo com os protocolos de segurança contra o coronavírus. Além disso, com a crise que chegou junto com a pandemia, muitas famílias não vão poder dispor de valores que tinham antes para comprar os presentes de filhos, sobrinhos e outras crianças com quem convivem.

 

Mas embora a data em 2020 vá acontecer de outra maneira, uma coisa não mudou: com o Dia das Crianças, vem também a preocupação dos adultos sobre que presente dar, onde comprar e se terão dinheiro para atender os desejos das crianças. Por isso, Grasiela Camargo, sócia da bilheteria digital Clubinho de Ofertas e da plataforma de streaming Clubinho Play, listou 10 dicas para economizar no presente sem comprometer o orçamento.

 

1 – Quanto você pode gastar?

Antes de tudo, é importante definir quanto você pretende gastar com o presente e com as atividades que você vai fazer para comemorar o Dia das Crianças. Quantas crianças você vai presentear? Muitas vezes temos várias crianças a presentear. Então, defina uma média de valor para cada uma, o valor do passeio ou da atividade que pretendem fazer na data e, também, os custos extras, como alimentação. Assim, você chegará a um orçamento total. A partir deste orçamento ficará mais fácil decidir o que escolher.

 

2 – Desejo das crianças

Converse com as crianças e peça para elas fazerem uma lista de presentes que gostariam de ganhar. Assim, você terá mais possibilidades para escolher o presente de acordo com o seu orçamento, e alternativas caso não encontre o presente desejado.

É bom explicar para as crianças, também, as condições financeiras da família durante esta conversa e tentar, junto com ela, incluir na lista os presentes que estão mais de acordo com seu orçamento. Mas se você não tem como conversar com a criança, faça a busca de brinquedos ou outros presentes de acordo com a idade de quem vai recebê-lo. Em geral, brinquedos e jogos têm esta classificação, e no caso de roupas, todas têm o tamanho por idade.

 

3 – Pesquisa de preços

Atualmente, muitas compras de presentes para o Dia das Crianças serão realizadas online por conta do isolamento social. E fazer a pesquisa de preços online é muito mais fácil do que ir de loja em loja. A dica é buscar os marketplaces que trabalham com diversas lojas e que podem oferecer preços diferentes para um mesmo produto. É o caso da Amazon, que está com uma grande campanha para o Dia das Crianças, com ofertas de brinquedos, jogos, vídeo games, livros, bicicletas, até artigos de vestuário. E tem várias promoções que valem a pena conferir.

 

4 – Não deixe para última hora

Tente fazer a compra com o máximo de antecedência possível. Todas as famílias estão pensando no mesmo assunto no momento e aquele presente que você decidiu pode não conseguir encontrar mais. Além disso, se a sua compra for online, há o prazo de entrega do produto. Então, é importante garantir logo para que chegue antes do dia 12 de outubro e não gere frustração nas crianças de receber o presente só depois.

 

5 – Custos adicionais

Além do frete para as compras online, alguns brinquedos têm custo extra, como pilhas e baterias. Outros, como no caso de um vídeo game, o jogo será um item adicional na sua lista.

 

6 – Pagamento

As lojas oferecem opções de pagamento variadas: desconto à vista no boleto bancário ou parcelamento no cartão de crédito são algumas. Analise o que mais funciona para você, considerando que no pagamento via boleto o prazo de aprovação da compra pode ser maior – e aí, neste caso, a antecedência para realizar a compra tem q ser ainda maior. Se for parcelar no cartão, lembre-se que faltam dois meses para o Natal, outra data comemorativa que pede muitos presentes.

 

7 – Não compre brinquedos piratas

Apesar de serem mais baratos, os brinquedos piratas podem comprometer a segurança e a saúde da criança. E muitos são produzidos até mesmo com matéria-prima tóxica. Além disso, não duvide da esperteza das crianças, muitas delas sabem diferenciar um brinquedo pirata do original e aí o constrangimento pode superar a alegria de ganhar o presente.

 

8 – Presentes criativos

Que tal o presente ser algo emocionante na vida da criança, como uma vídeo-chamada com um personagem que ela adora conversando diretamente com ela? Ou um vídeo para enviar para aquelas crianças que você não poderá encontrar para entregar o presente?

 

9 – Diversão é sempre um grande presente

Lembra que falamos sobre planejar o feriado do Dia das Crianças em família? Um passeio também pode ser um grande presente. Se a opção for ficar em casa, você pode curtir com as crianças atrações online, como teatro infantil, shows musicais, circo, contação de histórias e outras diversas brincadeiras. No Clubinho Play, por exemplo, diversos conteúdos são gratuitos, basta se cadastrar em www.clubinhoplay.com.br para conferir.

 

10 – Faça você mesmo

Muitas pessoas têm habilidades para criar brinquedos manualmente e hoje em dia você encontra diversas opções de “faça você mesmo” no Youtube. Esta é uma opção quando o orçamento é bastante enxuto e fica mais fácil quando você tem bebês, fase em que as crianças ainda não pedem os presentes e muitas vezes o próprio embrulho é muito mais divertido do que o presente em si.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE