1º viaduto de Nova Odessa já funciona

Nova Odessa ganhou nesta segunda-feira (10) o seu primeiro viaduto. A obra, que interliga a Avenida Ampélio Gazzetta à Rodovia Astrônomo Jean Nicolini, teve o tráfego liberado aos motoristas no início desta tarde e a passagem dos primeiros veículos foi acompanhada pelo prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza, que esteve no local ao lado do secretário de Obras, Projetos e Planejamento Urbano, ??lvis Ricardo Maurício, o Pelé; do diretor de Obras, Erik Ortolano, e do diretor de Segurança de Trânsito, Franco Julio Felippe.

Bill, responsável pelo pedido de construção do viaduto junto ao governo estadual, classificou a segunda-feira como um “dia histórico” para Nova Odessa. “Nova Odessa avança em todas as áreas e não é diferente no que diz respeito à mobilidade urbana. Esse viaduto é um legado que nossa administração vai deixar para a cidade, já que vai facilitar e muito a vida dos motoristas que utilizam tanto a Avenida Ampélio Gazzetta, como a Rodovia Astrônomo Jean Nicolini, interligando as duas, e facilitando também o acesso à Rodovia Luiz de Queiroz. Fico ainda mais feliz porque as obras transcorreram de uma forma tranquila e o viaduto está sendo liberado aos motoristas até mesmo um pouco antes do prazo previsto”, disse o prefeito.
Com 76 metros de comprimento, vão livre de 30 metros e duas faixas de rolamento, o novo viaduto recebeu cerca de R$ 2,4 milhões em investimentos. “A mobilidade urbana é um tema que estamos discutindo regionalmente e que afeta o cotidiano das pessoas. Enquanto poder público, precisamos de projetos e investimentos que façam com que o trajeto entre a casa e o trabalho seja mais rápido e mais seguro”, acrescentou Bill.
O secretário de Obras, Projetos e Planejamento Urbano também comemorou a entrega do viaduto aos motoristas. “Vejo como um presente de Natal antecipado para os motoristas não só de Nova Odessa, mas de Sumaré, Hortolândia, Americana e Santa Bárbara. ?? uma obra que beneficiará milhares de motoristas todos os dias e acabará com os engarrafamentos. Por aqui passam cerca de 20 mil carros diariamente e todo dia era possível ver um acidente na antiga rotatória. O prefeito Bill está de parabéns por ter conseguido incluir essa obra no Corredor Metropolitano”, disse Pelé.
Até o final desta semana, também deve ser liberada aos motoristas a pista sentido Americana/Nova Odessa por debaixo do viaduto. A obra integra o Corredor Metropolitano, de responsabilidade da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), e a meta era concluí-la dentro do prazo previsto em contrato, ou seja, até o final deste semestre. Cerca de 240 homens trabalharam, como um todo, na construção do viaduto, seis dias por semana.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE