Saúde

Região vacina 8,1 mil no sábado

Cerca de 25% da meta

Publicado em 2018-08-06 18:27:43 Atualizado em 2018-08-06 18:27:43 (434 visualizações)

O primeiro Dia D Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo e a Poliomielite imunizou, neste sábado (4) 8.152 crianças na região. Sumaré foi a cidade que mais vacinou, com número quase 3 vezes maior que Santa Bárbara d'Oeste.

SBO- Em Santa Bárbara d'Oeste foram aplicadas, no total, 1.239 doses da vacina tríplice viral contra sarampo, caxumba e rubéola e 1.273 doses da vacina contra poliomielite nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde). A ação é promovida pelo Ministério da Saúde em parceria com a Prefeitura.

SUMARÉ- 3.765 doses das vacinas contra poliomielite e sarampo foram aplicadas em crianças de Sumaré no último sábado, dia 4, quando ocorreu o Dia D da Campanha Nacional de Vacinação. No dia 18 de agosto, haverá outro “Dia D” para a imunização, das 8 às 17 horas, nas 23 unidades de saúde do município. Podem receber a dose crianças de 1 a 4 anos, 11 meses e 29 dias de idade. A vacinação também pode ser realizada nas unidades de saúde segunda a sexta-feira, até dia 31 de agosto.

AMERICANA- A Prefeitura de Americana, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou no sábado (4) o Dia D de vacinação contra o sarampo e a poliomielite. O dia serviu de marco inicial da campanha que pretende imunizar 9,5 mil crianças no município. Ao todo, foram 2.479 doses aplicadas contra o sarampo, o que equivale a 25% da meta a ser atingida, e 2.522 doses contra a poliomielite, correspondendo a 26,27% da cobertura. Em 43 casos, as crianças não puderam ser vacinadas contra o sarampo por terem recebido a primeira dose há menos de um mês. 

As crianças que não foram vacinadas durante o Dia D poderão receber a vacina em qualquer Unidade Básica de Saúde, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h30, até o dia 31 de agosto.    

NOVA ODESSA- A Secretaria de Saúde de Nova Odessa promoveu sábado (4) o primeiro 'Dia D' pela Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo e a poliomielite (paralisia infantil). Quatro das cinco UBSs (Unidades Básicas de Saúde) estiveram funcionando e aplicaram 592 doses de vacina contra a poliomielite e 589 no combate ao sarampo. O alcance é de 23% do público-alvo: as crianças de 1 ano a 5 anos incompletos.

No caso do sarampo, a recomendação é para que a vacina seja aplicada mesmo nas crianças que já tomaram uma dose anteriormente, desde que não nos últimos 30 dias). A campanha de reforço contra o sarampo e a poliomielite ocorre a cada quatro anos e estava prevista no calendário do Ministério de Saúde, mas foi preciso reforçar devido à volta da circulação do sarampo no território brasileiro.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Saúde

Mortes por overdose 'overdosam' nos EUA


Dobra o número de casos de HIV nos 50 mais


Fast Medicine e Erros Médicos


Pé Diabético atinge mais de 27 milhões de pessoas


Vinho pode aumentar libido e melhorar a saúde



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza