Saúde

Dez mitos e verdades sobre acne

Publicado em 2018-07-12 15:15:02 Atualizado em 2018-07-12 15:26:03 (495 visualizações)

Listamos tudo o que você precisa saber para não se confundir sobre o surgimento de cravos e espinhas.

Você sabia que 80% da população sofre ou já sofreu com algum grau de acne em suas vidas?  Considerada o pavor dos adolescentes, essa manifestação cutânea é muito comum e normalmente ocorre de maneira muito pontual. 

Entretanto, se cravos e espinhas começaram a aparecer com muita frequência, pode ser a hora de procurar um especialista. 

Sabe-se que existem mais de cinquenta tipos de acnes, que se formam na pele pelos mais variados motivos. A acne é reconhecida pela Organização Mundial de Saúde como uma doença que pode ser  originada por diversos fatores, como hormonal, emocional e alimentar. 

Além disso, é preciso considerar que pode haver uma predisposição genética em alguns indivíduos, colaborando diretamente para o surgimento do problema. Mesmo com diversas pesquisas e tratamentos para combater estas erupções na pele, existem alguns mitos que persistem há anos. 

Se você sofre com este tipo de problema e se confunde na busca de um tratamento ideal, não se preocupe! Iremos pontuar para você os mitos e verdades sobre este mal que atinge principalmente os adolescentes. 

E lembre-se, buscar um médico especialista é sempre a melhor a escolha a ser feita em busca do tratamento ideal para espinhas. 

Principais mitos e verdade sobre a Acne
1. Usar receitas caseiras funciona
Este é um grande mito. Não utilize máscaras caseiras, creme dental e pomadas contra assaduras. Lembre-se que não existem milagres com alimentos e misturas preparadas em casa. 

Procure utilizar sempre produtos dermatologicamente testados e não invente receitas magníficas, com certeza isso irá prejudicar ainda mais a sua pele.

2. Vitaminas e suplementos são indicados
Também é Mito. Corticóides, hormônios, anabolizantes e complexos vitamínicos pioram os sintomas e o aparecimento das acnes. É extremamente perigoso a automedicação e o uso de vitaminas sem uma prescrição médica. 

3. Lavar o rosto com água quente piora
Sim, piora e muito. Sabe-se que a água quente não é indicada para cravos, acnes e espinhas uma vez que retira de maneira agressiva a oleosidade da superfície da pele.

Como consequência, suas glândulas sebáceas são obrigadas a trabalharem mais rápido para repor a substância perdida. Lembre-se que a oleosidade é um ambiente mais propício para a proliferação das espinhas. 

4. Ansiedade e stress provocam acne
Sim, o stress influencia o surgimento das acnes. A ansiedade diminui a imunidade da pele do indivíduo. Como consequência, radicais livres serão liberados o que acarreta o aparecimento de cravos, espinhas e acnes. 

5. A acne é contagiosa
Este é um mito e tanto. Não, a acne não é contagiosa. Apesar de ser considerada uma infecção cutânea, não existe a menor possibilidade de ser transmitida para outro indivíduo por meio do contato físico. 

Portanto, se você conhece alguém com problemas de acnes e espinhas, não se preocupe, abraços e beijos estão liberados.

6. Espremer as espinhas piora a acne
Verdade. Quando se espreme uma espinha, o seu quadro de inflamação aumenta de maneira expressiva. Aliás, esta é a principal regra quando se tem espinha no rosto, não as exprema.
Ao espremer uma acne ou espinha, você não só está correndo o risco de contaminar a pele com micro-organismos, como pode aumentar o processo inflamatório e também causar manchas, marcas, lesões e cicatrizes.

7. Comer chocolate não pode
Pode sim se jogar no chocolate. Não há estudos científicos que comprovem que qualquer alimento específico, inclusive o chocolate, provoque ou aumente a acne.

O chocolate não é o causador da acne, a não ser que você seja alérgico a alguns alimentos como o cacau, o leite, a castanha. Normalmente, em período pré-menstrual, as mulheres tendem a comer mais chocolates.

Entretanto, o que leva mesmo ao aumento da acne é o pico de hormônios na antes, durante ou depois da menstruação.

8. O clima interfere no aspecto da pele
Sim, isso é verdade. Sabe-se que no verão, o suor, associado ao uso de filtros solares muitas vezes bem gordurosos pioram a oleosidade da pele.

Como vimos anteriormente, o aumento da oleosidade da pele acarreta no surgimento de acnes e espinhas. 

9. Existem medicamentos que aumentam a acne
Existem sim medicamentos que podem aumentar o quadro da acne na pele do indivíduo. Entre eles, podemos citar polivitamínicos, vitaminas do complexo B, corticóides, lítio etc. 

10. A acne é hereditária
Verdade. Existe uma predisposição genética para o seu aparecimento. É muito provável que você também venha a ter acne se este problema acometeu seus pais ao longo da vida. 

Conforme podemos notar, muitos fatores podem causar o surgimento de acnes e espinhas. Entretanto existem alguns mitos que atrapalham muitos indivíduos por aí.

Este é um problema que pode ser encontrado em vários estágios e cada um deles pode pedir um tratamento diferente. 

Procure sempre por um médico especialista e não se esqueça de utilizar produtos antissinais, cremes antissinais de qualidade, sempre indicados por um bom dermatologista. 

Fonte: Lumiere D'or creme antissinais  
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Saúde

OMS- brasileiro não se exercita suficientemente


Como cuidar da saúde mental na fase do vestibular?


PUC Campinas abre vagas para residência


SP quer convocar 139 mil contra HPV


Brasileiro fuma 333 cigarros por ano



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza