Saúde

Milhares já foram infectados pelo vírus Zika

Cerca de 80% nem sequer apresentam sintomas

Publicado em 2018-06-09 15:00:02 Atualizado em 2018-06-09 15:00:02 (201 visualizações)

Quando o vírus Zika pegou o Brasil de surpresa, no final de 2015, provavelmente já circulara silencioso pelo país por pouco mais de dois anos.

Razoavelmente silencioso, porque apesar de causar alguma febre, dor no corpo e nas articulações, manchas no corpo, entre outros sintomas da doença que escapava ao diagnóstico pela semelhança com dengue e Chikungunya, nada se compara ao dramático nascimento de crianças com problemas no desenvolvimento do cérebro – a microcefalia fetal.

Agora surgem formas mais rápidas, confiáveis e práticas de diagnosticar o vírus, permitindo antecipar tratamento e medidas de saúde pública.

E quanto à sua capacidade neurodestruidora, recentemente descrita, sendo que pode ser usada em benefício do ser humano?

Em artigo publicado no final de abril na revista Cancer Research, a geneticista Mayana Zatz e outros pesquisadores mostraram, em camundongos, que o vírus Zika pode ser usado como ferramenta no tratamento de tumores humanos agressivos do sistema nervoso central.

Profa. Dra. Lycia Mimica é professora da Disciplina de Microbiologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP). Contato:lycia@probac.com.br
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Saúde

UBS do Grego/Furlan na reta final


SP amplia vacinação contra gripe


Meningite suspende aula em escola


UBS São Vito atinge 80% do cronograma


"Zera Fila Meu Bairro" segue no Jardim Esmeralda



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza