Saúde

Jd Ipiranga tem mais jovens que bebem

Em Americana. Houve redução no total

Publicado em 2018-04-17 06:40:06 Atualizado em 2018-04-17 06:40:06 (537 visualizações)

O bairro Jardim Ipiranga é a região onde mais se consome bebida alcoólica entre adolescentes em Americana. A Cidade Jardim, onde maior número de jovens menores de 18 anos relatou ter comprado pessoalmente bebidas alcoólicas em 2016 foi um dos focos de ação do Projeto Cidade Responsável. Em função dessa melhora, na segunda onda da pesquisa, o Jd Ipiranga foi onde se registrou maior número de jovens que relataram acesso à compra.

O projeto Cidade Responsável, parceria entre a CervBrasil e a Prefeitura de Americana, divulgou oficialmente na manhã de sexta-feira (13) pesquisa que aponta diminuição no consumo de bebidas alcoólicas por jovens, após a atuação do projeto durante o ano de 2017 na cidade. 

PESQUISA:
Realizada em outubro do ano passado, que a pesquisa apontou uma queda de 9% no consumo de bebidas alcoólicas nos 30 dias anteriores à pesquisa, por jovens menores de 18 anos.

Para a pergunta “No último mês, você consumiu alguma bebida alcoólica?”, a resposta foi “não” para 64% dos jovens do ensino médio e fundamental II, perante os 56% respondidos em 2016. No ensino Fundamental II também houve diferença: de 71% (em 2016) para 76%, no ano seguinte.

Ao responder à pergunta “Você já tomou 5 doses ou mais de bebida alcoólica numa mesma ocasião?”, nota-se que a resposta “não” de jovens no ensino fundamental teve uma diferença de 6% de 2106 (79%) para 2017 (85%). No ensino médio, nota-se a mesma tendência de 6% de diferença na resposta “não”: de 52% (2016) para 58% (2017).

Na questão “você já comprou pessoalmente uma bebida alcoólica?”, a queda foi de 14%, entre jovens de 16 anos que disseram “sim”, com relação ao levantamento de 2016. Foi de 49% (2016) para 35% (2017). Entre os jovens de 17 anos esta queda foi de 10% em relação ao primeiro levantamento: de 61% (2016) para 51% (2017).

A pesquisa também mostrou que mais jovens relataram terem tido acesso a informações preventivas ao consumo precoce de álcool em sua escola. Em 2016, 72% dos jovens entrevistados afirmaram terem tido atividades escolares sobre o tema, e em 2017 este índice subiu para 79%.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Saúde

Americana: HM ganha 28 novos leitos


Cantar com frequência melhora doenças respiratórias


Cocato nega terceirização da Saúde


Ala 1 do HM entregue na segunda


Saúde sem Tabaco: 50% deixou de fumar



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza