Geral

Coca-Cola vira alvo nas redes sociais

Rato em garrafa gera ira de internautas

Publicado em 2013-09-16 15:12:46 Atualizado em 2013-09-16 15:12:46 (2152 visualizações)

Depois de passar incólume nos protestos de junho, a americana Coca-Cola agora virou alvo de uma gigantesca campanha nas redes sociais. A empresa é acusada de ter sido negligente com um usuário que tomou a bebida e ficou com grave doença.

O homem identificado como Wilson Batista de Resende protestou em frente ao vão livre do Masp (Museu de Arte de São Paulo) em São Paulo (SP) contra a lentidão de um processo que corre na 29ª Vara Cível contra empresa de bebidas Coca Cola. Segundo ele, ao beber uma Coca Cola no ano de 2000, o líquido corroeu o seu esôfago e depois de alguns meses seus músculos começaram a atrofiar, impossibilitando-o até de andar.

Wilson comprou algumas garrafas de Coca-Cola contaminadas e após ingerir um pouco cervejaria artesanal sentiu algo estranho e apenas colocou para fora todo o líquido ingerido.

As outras garrafas então foram para perícia onde realmente foi constatado e encontrado resto de rato(s) em seus recipientes. Agora ele faz uso de colete e bengala para se equilibrar ao andar, devido movimentos involuntários, tremores e dores em todo o corpo. Wilson, um cidadão brasileiro está acorrentado e fazendo uma greve de fome em frente ao Fórum João Mendes em SP desde 06/03/13. Ele quer providências do judiciário. Ele apenas deseja um tratamento digno que por não ter condições de custear isto.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.
PUBLICIDADE


Geral

Pais abandonam criança em floresta no Japão

Como forma de castigo


Omar visita captação e vê sequência de erros de projetos

Para prefeito, obra inócua atrapalhou cidade


Estupro: para promotora, impunidade estimula ostentação

Caso horrível no Rio de Janeiro


Cobra sai da privada e arranca minhoca de homem

Tava no trono e perdeu mastro


Vereador vê risco em descarte de lixo hospitalar

Bebeto fez denúncia para Cetesb


© 2009-2016. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza