Geral

Startup lança "Comedouro inteligente"

Publicado em 2018-08-09 05:00:01 Atualizado em 2018-08-09 05:00:01 (313 visualizações)

Quem tem animais de estimação sabe o quanto é difícil conciliar os afazeres do dia a dia com os cuidados necessários que gatos e cachorros exigem e merecem. E com o empreendedor e engenheiro eletricista Rafael Souza, não é diferente. Foi na dificuldade para manter uma rotina de cuidados com a alimentação do Boss, seu cachorro, alinhada com o dia a dia agitado, que ele viu uma oportunidade: o “Comedouro Inteligente”, que pode ser acionado à distância pelos papais e mamães de pets. Surgia aí a PlayPet, primeira startup brasileira voltada para o segmento produtos inteligentes para pets.
 
O mercado pet passa por uma grande expansão no Brasil, que ocupa o terceiro lugar no ranking mundial do segmento. Só no ano de 2017, o mercado nacional movimentou mais de R$ 20 bilhões segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet). Hoje, o Brasil conta com uma população de 52 milhões de cachorros e 22 milhões de gatos. E a PlayPet surgiu como uma das empresas mais inovadoras desse mercado efervescente. “Nosso trabalho é focado em produtos inteligentes para promover cuidados e entretenimento para os pets, enquanto eles ficam sozinhos em casa. Nessa linha desenvolvemos o comedouro, nosso ‘carro chefe’, que hoje é um sucesso em todo país”, comenta Rafael Souza.

A PlayPet foi pioneira ao lançar o primeiro comedouro inteligente do Brasil em meados de 2017, após dois anos de desenvolvimento e muitos testes. O comedouro, que funciona conectado à uma rede sem fio wi-fi, tem capacidade para até 2 quilos de ração. O alimento é liberado em tempo real, de qualquer lugar, ou de acordo com os horários pré-programados pelo usuário no aplicativo, que funciona em celulares Android e iOS. Para quem quer matar a saudade do animal de estimação durante o dia e acompanhar ele se alimentando, a PlayPet oferece, ainda, uma câmera, fruto de uma parceria com a Intelbras, com imagens ao vivo que podem ser acompanhadas pelo aplicativo.

“Além de ser uma novidade no mercado brasileiro, tivemos muito cuidado com a escolha dos materiais utilizados na fabricação, tudo para termos um produto adequado para acondicionar alimentos. A parte dos componentes eletrônicos também é muito avançada, tudo para garantir a excelência do produto e a segurança para os pets. Desenvolvemos parcerias com indústrias e startups para o lançamento de novos produtos. Assim, buscamos sempre aquelas que possuem ótimos padrões de qualidade”, comenta Rafael sobre o processo de produção cauteloso, baseado em muitos testes.

Nos últimos 12 meses já foram mais de 500.000 refeições servidas pelo app PlayPet para cerca de 1.000 pets cadastrados. Hoje a empresa é responsável por servir mais de 100kg de ração diariamente. Isso soma aproximadamente 3 toneladas de ração servidas pelo aplicativo por mês.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Geral

Painéis Leyard para monitoramento do trânsito


18. sábado e o horóscopo do dia


Morre Kofi Annan, que comandou a ONU


Debate tem Ciro x Alckmin e Marina x Bolsonaro


Maconha sintética leva 76 a passar mal



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza