Geral

Erdogan vence e fará o que quer na Turquia

País em risco

Publicado em 2018-06-25 09:04:55 Atualizado em 2018-06-25 09:04:55 (313 visualizações)

Erdoğan é eleito Presidente e a Aliança do Povo, que o apoiou, está em maioria. Sozinhos, podem escolher o orçamento, legislar e nomear todos os juízes. "Estamos a entrar em terra incógnita", dizem.
No início de uma nova era onde o Presidente da Turquia assume o poder executivo e passa a ter nas mãos grande parte do poder judiciário, Recep Tayyip Erdoğan assumiu a vitória nas eleições gerais que podem colocá-lo mais perto do que nunca numa eternização no poder.

Numa altura em que a agência de notícias estatal Anadolu já dava a vitória de Erdoğan como certa, o homem-forte do AKP falou brevemente aos jornalistas. “A Turquia está livre de todas as forças de terroristas e golpistas”, disse, com a menção da tentativa de golpe de Estado de 2016 a ecoar nas memórias de quem o ouvia. Nessa declaração, fez questão de sublinhar que estas eleições têm como objetivo a implementação de um novo sistema político na Turquia, resultante do referendo constitucional de 2017. “A nossa nação não escolheu só um Presidente e só 600 deputados. Estas eleições puseram em funcionamento uma nova legislação e uma nova Constituição. Trabalhámos para isto durante muito tempo”, disse Erdoğan.

E, agora, será preciso também muito tempo para que esse sistema seja alterado. Embora não tenha conseguido uma maioria absoluta nas eleições para o parlamento, o AKP conta com o apoio dos nacionalistas do MHP, com o qual formaram a coligação pré-eleitoral Aliança do Povo.
 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Geral

Simpatia para não ser corna (o)


'Economist' detona Bolsonaro 'alto risco'


Sextando e o horóscopo do dia aqui


Zanaga e Alvorada. Vacinação antirrábica no sábado


Horoscopo do dia. Veja seu signo



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza