Economia

Vendas a prazo no Dia das Mães crescem 2,86%

Aponta indicador SPC Brasil e CNDL

Publicado em 2018-05-14 20:00:03 Atualizado em 2018-05-14 20:00:03 (248 visualizações)

Após quatro anos consecutivos de queda nas vendas a prazo na semana do Dia das Mães, o comércio volta a comemorar. Os sinais de retomada da economia e da oferta de crédito – mesmo que ainda tímidos - estimularam o brasileiro às compras este ano. De acordo com o indicador calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o volume de vendas parceladas na semana anterior ao último domingo (entre 6 e 12 de maio) cresceu 2,86% em relação ao mesmo período do ano passado.

A alta de 2018 acontece após um período de sucessivas quedas entre 2014 e 2017, chegando a 5,50% no último ano. Nos anos anteriores, as variações foram de -16,40% (2016), -0,59% (2015), -3,55% (2014), +6,44% (2013), +4,40% (2012), +6,53% (2011) e de +9,43% (2010).

O Dia das Mães é a data mais importante para o varejo no primeiro semestre e fica apenas atrás do Natal em volume de vendas e faturamento. "Esse resultado é muito positivo para o varejo, que já começa a sentir um pequeno reaquecimento das vendas, depois de enfrentar um cenário econômico desfavorável nos últimos anos, com crédito mais caro, inflação e altas taxas de desemprego", analisa o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro.
 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Economia

Associação de caminhoneiros pede fim do bloqueio


Detran leiloa 655 veículos na região


Veja 31 vagas de emprego


Seaac aprova reivindicações de três categorias


Alugar um carro pode ser mais barato que Uber



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza