Cidades

Região recolhe pneus esta semana

Contra dengue

Publicado em 2018-05-15 09:55:48 Atualizado em 2018-05-15 09:55:48 (234 visualizações)

Guardar pneus sem uso em casa pode acumular água e ser um criadouro do mosquito Aedes aegypti, que transmite a Dengue, Zika e Chikungunya. Por isso, "Livre-se daquele pneuzinho. Pneu guardado só quem usa é o Aedes. Desapega".

Nesta semana qualquer cidadão de Santa Bárbara d´Oeste pode utilizar o ponto fixo de descarte de pneu no Aterro Sanitário Municipal. O apelo é tema da Semana Estadual de Mobilização para a Coleta de Pneus promovida pelo Governo do Estado de São Paulo em parceria com a Prefeitura, que segue até sexta-feira (18).

Destinar corretamente o pneu, além de eliminar um possível criadouro da dengue, preserva o meio ambiente. Um pneu leva mais de 600 anos para decompor. Se descartado corretamente é encaminhado para fabricantes e comerciantes que promovem a logística reversa, reinserindo os resíduos em novos ciclos produtivos.

O ponto fixo para descarte de pneus de Santa Bárbara d´Oeste é coberto, evitando o acúmulo de água e proliferação de doenças. Rotineiramente 67 geradores cadastrados, entre borracheiros, mecânicos, bicicletarias, entre outros, utilizam o ponto. Nos outros dias além da Semana de Mobilização, o cidadão comum deve levar a um destes geradores para que eles encaminhem para o Aterro Sanitário Municipal, onde serão encaminhados para a logística reversa.

O Aterro Sanitário Municipal está localizado na Estrada dos Italianos, 1.800, no Santa Fé, de segunda a sexta-feira, das 7 às 11 horas, e das 13 às 18 horas.


AMERICANA- Entre os dias 14 e 18 de maio, quatro ecopontos de Americana irão receber pneus inservíveis que se encontram nas residências do município. A iniciativa faz parte da campanha "Pneu guardado só quem usa é o Aedes", da Secretaria Estadual da Saúde, que tem como objetivo mobilizar a população para o recolhimento de pneus nos domicílios paulistas. A medida visa eliminar criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

Dentre os principais criadouros do mosquito, o pneu se configura como um dos mais importantes, isto graças ao formato e as características dos materiais empregados em sua composição, o que proporciona condições ideais de temperatura da água durante todas as fases de reprodução do vetor.

De acordo com a UVISA (Unidade de Vigilância em Saúde), os pneus deverão ser levados pelos moradores nos ecopontos. Cada imóvel poderá descartar até quatro pneus durante a campanha, os quais serão recolhidos posteriormente para destinação adequada. O controle será feito pelo próprio ecoponto.

As borracharias do município já possuem um sistema de coleta próprio que é controlado pela Secretaria de Meio Ambiente e PMCD (Programa Municipal de Controle da Dengue), o qual continuará sem alterações.

Abaixo, relação dos endereços dos ecopontos:
Rua Estevão Carlos Vicentini, nº175
Residencial Dona Rosa (região do Jardim da Paz)
Avenida Roma, nº 4.483
Jardim Bertoni
Rua das Seriemas, nº 500
Vila Mathiensen (na Garagem Municipal)
Rua do Rayon Viscose, nº129
Distrito Industrial Abdo Najar (região do bairro Antônio Zanaga)
 

NOVA ODESSA- Evitar a proliferação de criadouros do mosquito Aedes aegypti, o transmissor da dengue e de várias outras doenças, como a febre amarela, por exemplo. É com esse objetivo que a Vigilância Ambiental de Nova Odessa, órgão vinculado à Diretoria de Vigilância em Saúde, participa pela primeira vez de uma campanha estadual voltada à coleta de pneus usados e que são armazenados de forma incorreta em residências e comércios. Intitulado “Pneus guardado só quem usa é o Aedes”, o trabalho acontecerá ao longo desta semana.

Segundo o encarregado pela Vigilância Ambiental em Nova Odessa, Leôncio Neves Ferreira, para que os pneus sejam retirados por uma equipe da prefeitura, basta que o morador faça o agendamento pelos telefones 3466-5442 e 3466-3972. “Nós já temos um local totalmente preparado para receber esses pneus usados, que fica na Garagem Municipal, é coberto e tem vigilância o tempo todo. Basta o cidadão entrar em contato conosco e agendar a retirada. Ainda não temos a real dimensão de quantos pneus existem nos quintais, mas a nossa intenção é fazer essa retirada já no dia seguinte ao agendamento”, explicou Ferreira.

Nova Odessa já tem um trabalho semelhante, porém, voltado apenas às borracharias e oficinas, que, por conta própria, levam os pneus usados à Garagem Municipal. Lá, eles são recolhidos por uma empresa contratada pela Reciclanip – entidade sem fins lucrativos criada pelos maiores fabricantes de pneus do País. “Essa semana de coleta de pneus é voltada para toda a população, com o objetivo de retirar dos imóveis possíveis criadouros do mosquito transmissor da dengue”, ressaltou. “Contamos com o envolvimento de toda a população, para que os casos de dengue na cidade, que já caíram muito neste ano, caiam ainda mais”, completou.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

PUBLICIDADE


Cidades

Adolescente que botava o terror nos assaltados roda


SB: "Jacarandás Educador" abre Semana da Árvore


Bebeu um pouquinho e atropelou semáforo


Bebeu, atropelou moto e matou piloto


Metranca dentro da fábrica no N Carioba



© 2009-2018. Portal Novo Momento de Notícias. website: pratza